OPERAÇÃO THANATOS: Serviço do Luto em Divinópolis, sem funcionários, tem dificuldades em sepultamentos; alguns agentes funerários já em liberdade; outros, nos próximos dias


Com os agentes funerários que trabalhavam no Serviço Municipal do Luto, afastados. Segundo informação, já com três em liberdade, e apenas dois ainda continuam presos, porém prestes a sair nos próximos dias.  Existe uma grande dificuldade no momento para atender a população que busca pelo serviço do luto, para enterrar seus mortos – Conforme o Divinews apurou, será necessário que um servidor, que foi cedido para a Policia Civil para atuar no IML – Instituto Médico Legal, através de um convenio celebrado com a Prefeitura, que ele retorne, mesmo que seja provisoriamente, neste momento de crise. –  Pois mesmo com a soltura de alguns ou todos, a população pode não ver com bons olhos o retorno de todos, principalmente o suspeito da prática de necrofilia, mesmo sendo eles réus primários, isto por que a confiança que envolve um setor tão sensível, que lida com a morte de entes queridos foi quebrada – O Divinews também obteve a informação diretamente no Serviço do Luto, que já faz algum tempo a própria prefeitura não tem comprado flores, e tão pouco tem caixões em estoque. E isso, é um ambiente perfeito, para quem tem tendência à corrupção – O fato é que, o setor precisa realizar um concurso público, o último foi feito ainda na administração do ex-prefeito, Vladimir Azevedo, que não resolveu, apenas minimizou um pouco.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

51  +    =  53