Kaboja assume novamente liderança do Prefeito Galileu; desta vez promete lutar para aprovar IPTU, “senão a cidade não progride”


O vereador Rodrigo Kaboja, que no final do ano passado renunciou a liderança do Prefeito de Divinópolis, Galileu Machado, segundo ele, por não concordar como o reajuste da planta genérica de valores do Imposto Predial e Territorial Urbano, foi apresentado. Reassumiu nesta quinta-feira (01), mais uma vez, a liderança do Governo do Prefeito Galileu Machado, na Câmara de Divinópolis – Kaboja disse que, quando o projeto do IPTU aportar de novo no Legislativo para ser votado, ele vai discutir com as entidades de classes empresariais e principalmente com a população, fazendo uma discussão mais ampla sobre o assunto. Porém avalia o edil, que é necessário aprová-lo, por que existem imóveis/lotes, com avaliação venal de R$ 300 mil reais e pagando apenas R$ 8 reais de IPTU por lote. “Então esse pessoal que vive de especular, eles têm que pagar a conta, por que senão a cidade não progride, não anda. Então vamos trabalhar para que a planta genérica de valores seja aprovada nesta casa”, foi taxativo o vereador.

 

7 comentários em “Kaboja assume novamente liderança do Prefeito Galileu; desta vez promete lutar para aprovar IPTU, “senão a cidade não progride”

  • 3 de março de 2018 em 21:18
    Permalink

    Esse vereador não tem vergonha na cara não, pula de uma cadeira pra outra, agora está no colo do prefeito e contra a população, os comerciantes, as indústrias, contra os contribuintes que paga o salário absurdo que ele recebe, e ele mesmo disse ser contra a diminuição do salário de vereador, ele já tá sabendo que este será seu último mandato como político, aqui em divinópolis não ganha mais nada nas eleições.

    Resposta
  • 2 de março de 2018 em 19:54
    Permalink

    a cidade progride e trazendo empresas, que vao fazer faturamento, criar empregos direta e indiretamente e movimentar a economia. nao aumentar ou criar novos impostos. isto e idiotice.

    Resposta
  • 2 de março de 2018 em 13:26
    Permalink

    oque faz a cidade creser e trazer insetivos para o comercio lacal as empresas que aqui estao,emais incetivar e trazer novas empresas para ca ,desde anos 90 que voces mandaram a kaiser e coca embora por motivos pessoais a cidad parou acabou cidades vizinhas chama aqui de engananopolis cidade grande mais pobre ,vamo corre atra vereadores vamos honra seus salrios de 10 mil por mes mais regalias ,e esse kaboja ai vereador ta com nada nao

    Resposta
  • 2 de março de 2018 em 12:48
    Permalink

    A Cidade progride quando corta gastos desnecessários tipo no legislativo municipal onde pelo que sei se gasta muito e nada retorna, e pelo que sei no IPTU será em boa parte para pagar o funcionalismo municipal, srs edis a começar pelo seu salários 10,000 reais, mais 4 assessores para cada gabinete, para que tanta gente gerando gastos ??? Esse tempo já passou cortem gastos , diminuam a máquina, a máquina de gastar dinheiro, que sobra para o que realmente importa.

    Resposta
  • 2 de março de 2018 em 12:07
    Permalink

    PELA POSTURA ADOTADA PELO NOBRE VEREADOR KABOJA QUE ERA CONTRA O REAJUSTE DO IPTU E AGORA MUDA DE IDÉIA APÓS REASSUMIR O CARGO DE LIDERANÇA DO GOVERNO GALILEU FICO CURIOSO A RESPEITO DA ARGUMENTAÇÃO USADA PELO PREFEITO PRA CONVENCER O VEREADOR.(RISOS)TÁ CHEIRANDO A ACORDOS DE BASTIDORES E PORQUE NÃO DESCONFIAR DE MAIS ALGUM CARGO DE CONFIANÇA PRA ADOÇAR AS BOAS INTENÇÕES DO KABOJA AUMENTANDO O IPTU DA POPULAÇÃO DIVINOPOLITANA QUE MAIS UMA VEZ VAI PAGAR A CONTA DAS FALHAS NA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DA PREFEITURA NO GOVERNO GALILEU TEIXEIRA MACHADO.COM A PALAVRA KABOJA PARA MELHORES EXPLICAÇÕES SOBRE SUA MUDANÇA RADICAL A FAVOR DO AUMENTO DOS TRIBUTOS MUNICIPAIS PARA OS DIVINOPOLITANOS.2020 TÁ CHEGANDO RAPIDINHO.

    Resposta
  • 2 de março de 2018 em 10:12
    Permalink

    O que faz uma cidade progredir é tão somente ter empresas para que o cidadão possa trabalhar, receber e estar em dia com seus compromissos.
    Empresas precisam de incentivos fiscais para se instalarem. Isso depende do EXECUTIVO E LEGISLATIVO.

    Resposta
    • 2 de março de 2018 em 11:36
      Permalink

      O que faz uma cidade progredir também, são todos os empresários pagarem os impostos e não apenas de parte da nota. Tem que ser nota cheia. É não sonegar.

      Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  −  3  =  2

PODCAST: escuta essa!!