Juninho Chumbreca toma posse no Divinópolis Clube herdando dívida de R$ 1 milhão; e prejuízo de R$ 416 mil reais do Réveillon 2018


O empresário Juninho Chumbreca, confeccionista, proprietário da marca MX-72, ao assumir a Presidência do Divinópolis Clube na noite desta quarta-feira (03), na presença do agora ex-presidente Simonides Quadros e Rogério Aquino, ex-diretor comercial. Juninho de forma transparente e sem nenhum rodeio, ainda na mesa, criticou vários atos da gestão anterior, em um recado direto – Sem se exaltar, disse que o Clube gastou R$ 581 mil reais em um réveillon sem que tivesse condição de fazê-lo, pois não se preocupou com as contas de janeiro, fevereiro e março. O presidente enumerou alguns dos absurdos gastos realizado na festa de fim de ano, com R$ 200 mil reais para o show de João Bosco e Vinicius e R$ 95 mil reais para um show do Lex Luthor, isso sem levar em consideração as emissões das respectivas notas fiscais, de R$ 47 mil e R$ 17,5 mil reais dos dois shows, além de um show do musico Rodrigo Bergal que custou R$ 25 mil reais – Já em entrevista para o Divinews Chumbreca disse que sua gestão será somente para pagar contas, colocar as finanças do clube em ordem. Com uma dívida de R$ 1 milhão de reais, e em janeiro terá que pagar R$ 700 mil reais, e só tem no caixa R$ 300 mil – A planilha apresentada aponta um gasto de R$ 581.058,26, e um faturamento referente a vendas de ingressos de apenas R$ 164.150,00, logo o prejuízo foi de R$ 416.918,26

 

EM CONSEQUÊNCIA DO PERÍODO ELEITORAL OS COMENTÁRIOS ESTÃO SUSPENSOS

PODCAST: escuta essa!!