Superlotação de clinica oftalmológica gera apreensão em idosa de 76 anos, que por risco de infecção volta para sua cidade

Publicado por: Jhenifer Gonçalves

Uma mulher idosa de 76 anos, moradora de Lagoa da Prata, precisou ser encaminhada para Divinópolis para realizar uma cirurgia de catarata. No entanto, a situação gerou preocupações quanto à exposição da senhora e da família durante as consultas médicas. Com a crise na saúde de Divinópolis, as pessoas estão apreensivas em permanecer em clínicas, hospitais e UPA da cidade. Vão para um tipo de procedimento e no local contraem outra doença. 

A Secretaria de Saúde (Semusa) de Lagoa da Prata solicitou a cirurgia em Divinópolis. Após passar pela unidade básica em Lagoa da Prata, a paciente foi encaminhada inicialmente para o Complexo de Saúde São João de Deus (CSSJD), porém, surgiram questões burocráticas que impediram o atendimento. Em seguida, ela foi direcionada para a Clínica Ocular Oftalmológica.

Continua depois da publicidade

Apesar de haver diversas salas disponíveis, na clínica, para os pacientes com horários pré-agendados, há uma superlotação decorrente do aumento de doenças respiratórias nesta época do ano, especialmente entre idosos e crianças.

O neto da paciente, de 32 anos, destaca os riscos enfrentados por sua avó e outros frequentadores do local. “Você vai fazer um exame de catarata e pode sair de lá com Covid, além de outras doenças virais”, ressalta. Ele também enfatiza que pessoas consideradas de grupo de risco não devem ser expostas a esses perigos.

Segundo relato, sua avó raramente sai de casa, mas devido à gravidade e à necessidade da cirurgia, ela precisou se deslocar quatro vezes para Divinópolis, sendo duas vezes para consultas, uma para a cirurgia e outra para o acompanhamento pós-operatório.

Agora, a paciente precisa operar o segundo olho, mas eles afirmam que não retornarão a Divinópolis devido ao desgaste e à exposição excessiva. Portanto, estão aguardando a liberação da cirurgia em sua cidade natal para que ela possa ter uma melhor qualidade de vida.

Entre no grupo do Whatsapp do Divinews e fique por dentro de tudo o que acontece em Divinópolis e região

comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estamos felizes por você ter escolhido deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de privacidade.

  1. Norma disse:

    Todos as pessoas esperando em pé!!!

  2. Ana Cristina de Oliveira disse:

    A nota de esclarecimento da Secretaria Municipal de Saúde deveria ter sido postada junto com a reportagem.

    *NOTA DE ESCLARECIMENTO*

    A Prefeitura Municipal de Divinópolis, através da Secretaria Municipal de Saúde, vem a público prestar esclarecimentos em relação à dinâmica de atendimento ocorrido no último sábado (27/04/2024), na Clínica contratada para realização de procedimentos oftalmológicos pelo Sistema único de Saúde.

    Como é de amplo conhecimento, Divinópolis é referência de atendimento para toda região e em relação aos procedimentos oftalmológicos não é diferente. Logo, o serviço contratado também é disponibilizado aos municípios que possuem pactuação com Divinópolis.

    A grande concentração de pacientes ocorrida guarda relação com o fato de os municípios que nos referenciam pacientes terem trazido, no mesmo horário, todos os pacientes que estavam distribuídos em marcações durante todo o dia. Assim, ainda que a clínica contratada seja ampla e disponha de confortáveis instalações, ela não comporta a presença de todos os pacientes do dia no mesmo horário. Na referida data foram atendidos pacientes de Formiga, Perdigão, Araújos, Camacho, Carmópolis, São Gonçalo do Pará, Iguatama, São Sebastião do Oeste, Estrela do Indaiá e Itaúna.

    Diante do ocorrido, a Secretaria Municipal de Saúde acionou os municípios referenciadores para reportar o ocorrido, bem como para orientar que tal expediente não deve ser novamente adotado, sob pena de inviabilizar o atendimento em razão do desconforto tanto dos pacientes quanto dos profissionais.

    Divinópolis, 30 de abril de 2024.

    SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

Continua depois da publicidade