Zema nomeia novos nomes para os comandos da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros de Minas


O Governador reeleito Romeu Zema publicou anunciou nesta quarta-feira (18), os novos nomes de comando da Policia Militar e para o Corpo de Bombeiros no Estado, com isso o coronel Rodrigo Piassi do Nascimento assume o Comando-Geral da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG). Atualmente ele estava chefiando a Diretoria de Recursos Humanos da PMMG.  Piassi é mestre em Defesa e Segurança Civil (ênfase em Planejamento e Gestão de Eventos Críticos) pela Universidade Federal Fluminense (UFF), e especialista em Criminologia pela PUC Minas, e em Segurança Pública pela Fundação João Pinheiro (FJP), entre outras formações.

O Chefe do Estado Maior da PMMG será o coronel Marco Aurélio Zancanela do Carmo. Atualmente, ele ocupa o cargo de comandante da 16º Região da Polícia Militar de Minas Gerais, com sede em Unaí. Ele possui especializações em Gestão Estratégica de Segurança Pública pela FJP, em Gestão por Processos e em Gestão Estratégica de Pessoas, ambas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O Gabinete Militar do Governador (GMG) passará a ser chefiado pelo coronel Carlos Frederico Otoni Garcia, que hoje atua como comandante da 5ª Região da Polícia Militar (5ª RPM), com sede em Uberaba, no Triângulo Mineiro. Otoni teve grande destaque na Academia da Polícia Militar, onde se especializou em Segurança Pública e Defesa Social.

Já o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) passará a ser comandado pelo coronel Erlon Dias do Nascimento, que hoje ocupa o cargo de Chefe do Estado-Maior do CBMMG. Ele tem especialização em Segurança Pública pela Fundação João Pinheiro, em Inteligência de Segurança Pública e Cenários Prospectivos pela Academia da Polícia Militar, e em Gestão Estratégica em Defesa Civil pela Faculdade Del Rey, entre outras formações.

Por sua vez, a Chefe do Estado Maior do CBMMG será a coronel Daniela Lopes Rocha da Costa. Ela foi a primeira mulher a comandar um batalhão aéreo no Brasil, tendo sob suas ordens os bombeiros que fazem todos os socorros aéreos do Estado, a bordo das aeronaves da corporação. Teve atuação de destaque ajudando a salvar vidas durante os resgates da tragédia de Brumadinho e ao longo da busca pelas joias desaparecidas.

Segundo a Comunicação do Governo, a  data da publicação oficializando a troca do comando ainda será definida, momento em que serão prestadas as honras e agradecimentos aos comandantes que deixam os cargos, após cumprirem sua missão institucional.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

70  +    =  75