Feminicídio: Mulher é ameaçada por ex-marido; vizinhos chamam polícia; mas não dá tempo e ela é assassinada já com policiais no local


Um bárbaro crime chocou a população de Lagoa da Prata neste último sábado (19). Moradores da cidade ligaram para a polícia para denúnciar que uma mulher de 35 anos estava sendo perseguida pelo ex-marido, que a mantinha em cárcere privado na residência dela. A PM foi ao local e afirma que tentou contato com a mulher, mas não conseguiu. Os militares cercaram o imóvel e viram o suspeito dentro da casa, enquanto a mulher gritava por socorro. Os policiais então pularam o muro e entraram na casa, arrombaram a porta de um quarto e já encontraram a mulher morta. O homem de 55 anos foi preso em flagrante e levado para a delegacia. Nas redes sociais, os policiais foram questionados pela demora em invadir a casa, e afirmam que o crime poderia ter sido evitado.

 

3 comentários em “Feminicídio: Mulher é ameaçada por ex-marido; vizinhos chamam polícia; mas não dá tempo e ela é assassinada já com policiais no local

  • 20 de novembro de 2022 em 16:39
    Permalink

    Meu Deus!!! Agora a mídia vai colocar a culpa na polícia??? Um psicopata comete um femicídio e estão querendo responsabilizar a polícia? Por favor né, o bandido já tinha intensão de matar , mesmo se a polícia estive dentro da casa ele faria, pois ele nem se evadiu do local!!! Covardia.

    Resposta
    • 21 de novembro de 2022 em 11:53
      Permalink

      Policia incompetente e racista

      Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  +  35  =  41