Gerdau leva Orquestra Filarmônica de Minas Gerais para concerto gratuito em Divinópolis, em turnê estadual


A Filarmônica de Minas Gerais, uma das iniciativas culturais mais bem-sucedidas do país, dá início às suas turnês pelo estado neste mês de julho.  No dia 22 de julho, sexta-feira, a Orquestra se apresenta em Divinópolis  em concerto que será realizado às 20h, na Praça da Catedral. Sob a batuta do maestro José Soares, Regente Associado da Filarmônica, a Orquestra leva um repertório totalmente brasileiro, destacando a variedade de estilos e as influências das nossas raízes na música orquestral feita no país, com obras de Alberto Nepomuceno, Eleazar de Carvalho, Francisco Mignone, Gilberto Mendes, Guerra-Peixe, Lorenzo Fernandez e Carlos Gomes. A apresentação é gratuita.

Para José Soares, “as turnês estaduais da Orquestra reforçam nossa tradição de ampliar o acesso à música de concerto e conquistar novos públicos. É muito importante que um número cada vez maior de pessoas tenha a oportunidade de assistir à Orquestra”. Sobre o repertório, José Soares diz que “os mineiros e mineiras vão ficar encantados por ouvir obras de grande beleza e qualidade criadas por brasileiros”.

Este projeto é apresentado pelo Gerdau, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Realização: Instituto Cultural Filarmônica.

Orquestra Filarmônica de Minas Gerais

Turnê Estadual – Divinópolis (MG)

22 de julho – 20h – Praça da Catedral

Concerto gratuito

Um comentário em “Gerdau leva Orquestra Filarmônica de Minas Gerais para concerto gratuito em Divinópolis, em turnê estadual

  • 21 de julho de 2022 em 11:49
    Permalink

    Bom dia, toda cultura é bem vinda.
    Porém se faz necessários um planejamento que ao meu ver passou despercebido.
    O trânsito ficou parcialmente prejudicado, até aí tudo bem se fosse providenciando pelos responsáveis alternativas devidamente sinalizadas e com orientação.
    Para que mora atrás da Igreja, só existe uma alternativa para acesso e claro que sem nenhuma sinalização…
    Acesso na contramão, agora é bem capaz de no momento da infração ter um excelente profissional capacitado porém não informado do evento e aplicar a famosa “multa”.
    Então fica a dica, cultura é muito bem vinda, e o trânsito vai e vem.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

9  +  1  =