Polícia Civil indicia homem de Pitangui que estuprou filho de 9 anos


A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu, nesta sexta-feira (21), o inquérito policial que apurou denúncias de abusos sexuais por parte de um homem, de 37 anos, contra o filho, um menino de 9 anos. O crime ocorreu em Pitangui, Região Centro-Oeste do estado. O suspeito foi indiciado por estupro de vulnerável por quatro vezes. O investigado foi preso preventivamente no dia 14 de janeiro deste ano, na zona rural do município, onde os crimes foram registrados. A denúncia que deu início às investigações foi relatada pela mãe da criança, no dia 29 de dezembro do ano passado. Conforme apurado, a vítima sofreu o abuso dentro de casa, pelo próprio pai. Diante disso, a PCMG instaurou inquérito para apuração dos fatos. Durante depoimentos, a mãe e a irmã da criança apresentaram a mesma versão, confirmando o crime. O menino ainda relatou que os abusos teriam ocorrido mais de uma vez.

Após expedição do mandado de prisão, o suspeito, acompanhado pelo advogado, compareceu à delegacia, mas permaneceu em silêncio. O homem foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanece à disposição da Justiça.

O inquérito policial foi concluído e encaminhado ao Poder Judiciário.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5  +  1  =