Arcos: Operação Asfixia da Polícia Civil cumpre 11 mandados de prisão e apreende várias embalagens de cocaína


A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deflagrou, na terça-feira (2/11), a segunda fase da operação Asfixia, visando desarticular uma organização criminosa voltada ao tráfico de drogas na cidade de Arcos, na região Centro-Oeste do estado. Nesta fase, foi cumprido um mandado de prisão contra um homem, de 25 anos, enquanto na fase anterior foram presas quatro pessoas e cumpridos 11 mandados de busca e apreensão. As investigações tiveram início após o recebimento de denúncia anônima informando que o suspeito estaria transportando drogas de Campo Belo para Arcos em um veículo vermelho. De posse das informações, a PCMG em Arcos monitorou o veículo, que foi abordado na entrada da cidade. No interior do carro foram localizados e apreendidos mais de dois quilos de cocaína, além de 1.956 papelotes da droga fracionada.

O delegado responsável, Patrick Carvalho, reafirma o compromisso da instituição contra essa modalidade criminosa. “Trata-se de uma das maiores apreensões de drogas na história de Arcos. Ações como esta demonstram que a PCMG está atenta ao combate do tráfico de drogas na região”, destaca, ao informar que as investigações continuam.

O investigado, que já possui registro por furto e crimes de trânsito, foi preso em flagrante por tráfico de drogas e conduzido ao sistema prisional.

A ação, conduzida pela PCMG em Arcos, contou com o apoio da Delegacia Regional de Polícia Civil em Formiga.

Operação Asfixia

O nome da operação faz alusão ao combate da comercialização de substâncias ilícitas na cidade de Arcos, sendo a ação uma forma de asfixiar o possível crescimento desta modalidade criminosa na região.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

68  +    =  69

PODCAST: escuta essa!!