Consultório médico é investigado por vendas de formulários de comorbidades para vacinação contra a Covid-19


De acordo com informações da Diretoria de Comunicação, a Prefeitura de Formiga tomou conhecimento das investigações de infração de medida sanitária preventiva, falsidade ideológica e corrupção passiva, na manhã desta sexta-feira, dia 09 de julho. A ação foi deflagrada em um consultório médico, localizado no centro da cidade, onde supostamente estariam sendo comercializados formulários de comorbidades para possibilitar a vacinação contra a Covid-19 – Diante do exposto, a Administração Municipal esclarece que, desde o início da vacinação contra a Covid-19 em pessoas com comorbidades foi exigido o relatório preenchido e assinado pelo médico para justamente evitar possível fraude e fura filas. Como anunciado pela própria Polícia Civil, não há indícios de envolvimento de servidores da saúde no caso e também não cabe ao trabalhador da saúde, que aplica a vacina, questionar relatório assinado por médico. A Administração Municipal acompanha o caso e repudia este tipo de conduta.

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  +  89  =  99