Divinópolis elegeu um prefeito ou um ator? Gleidson depois da posse fez pose cortando árvore em via pública para fazer vídeo


O prefeito de Divinópolis, Gleidson Azevedo (PSC), imitando Sérgio Meneguelli, ex-prefeito de Colatina, no Espirito Santo, que tinha por hábito ele mesmo colocar a mão na massa para fazer trabalhos braçais pela cidade afora, na noite desta última sexta-feira (02), após ter tomado posse na Câmara e ter recebido as chaves da cidade do ex-prefeito Galileu. Em consequência de um forte temporal que se abateu sobre a cidade derrubando várias árvores em diversos locais , o chefe do Executivo, não conversou e acompanhado de sua vice, Janete Aparecida além de um secretário, foi para o bairro Interlagos, e em frente ao CSU (Centro Social Urbano), pegou uma foice e começou a cortar um caule de uma árvore que havia caído sobre a pista, e enquanto tentava cortar o grosso caule, em que a ferramenta mais adequada seria um machado e não uma foice, ele se auto enaltecia da ação que estava fazendo.

A vice-prefeita saiu para arrumar uma motosserra enquanto o prefeito descarregava uma pick-up com uns cones para desviar o trânsito que ele mesmo, comandou o desvio, sinalizando para alguns motoristas, isso depois de cumprimentar algumas pessoas que estavam em um bar localizado em frente ao CSU.

Usou inapropriadamente uma foice para cortar um caule de uma espessura que o correto seria um machado, mas posteriormente usou a ferramenta correta que era o machado e não foice, que é usada somente para cortar folhas e caules não tão espessos. Mesmo assim, pegou erradamente nos dois instrumentos. De acordo com operários que estão acostumados a executar esse tipo de serviço, o machado tem que ser pego no meio do cumprimento do cabo e não do meio para o final. Mas isso não vem ao caso, para quem ganha R$ 25 mil reais por mês para administrar uma cidade de 250 mil habitantes, pode pegar o cabo de qualquer jeito, era só cena mesmo para posar para o vídeo que foi feito e distribuído nas redes sociais, mostrando suas mãos sujas e que é empregado do povo, como se os demais que não fazem esse “mise-en-scene” não o fossem, todos são empregados do povo, pois é ele quem paga os salários dos servidores, vereadores, prefeitos, deputados, senadores, governadores e presidente da República.

Gleidson Azevedo tomou posse na Câmara de Divinópolis usando uma camiseta com os óbvios dizeres “Eu sou um empregado do povo” e ainda, posteriormente fez todo o seu secretariado pagar o mesmo mico com um boné, tal qual seu irmão Cleitinho fez com o Governador Zema. Divinópolis entrou em uma era circense/midiática, tudo isso em consequência das redes sociais. Tudo, tudo, absolutamente tudo é filmado e compartilhado nas redes sociais. Vamos aguardar os 100 dias de governo, o que de gestão mesmo será feito, à bem da cidade.

 

5 comentários em “Divinópolis elegeu um prefeito ou um ator? Gleidson depois da posse fez pose cortando árvore em via pública para fazer vídeo

  • 4 de janeiro de 2021 em 19:40
    Permalink

    Vi a reunião dele com a trancid hoje, ta certo, tem q cobrar sim, mais com EDUCAÇÂO e RESPEITO em primeiro lugar, ele esta se comportando como um ditador, batendo na mesa, subindo o tom de voz, deve ta achando q aki é a coreia do norte, so pode, quer resolver na base da força, vai durar 6 meses desse jeito.

    Resposta
  • 4 de janeiro de 2021 em 16:50
    Permalink

    KKKKKKKKKK..PARECENDO O CHAVES…ISSO ISSO ISSO ISSO ISSO

    Resposta
  • 4 de janeiro de 2021 em 11:48
    Permalink

    Divinews. Por gentileza não compare o Sergio, ex prefeito de Colatina com a família Azevedo. Ele não quis reeleger e nem apoiou ninguém, muito menos uma família inteira.
    O que ele fazia era espontâneo, nao igual a família Azevedo que quer aparecer para obrer votos, consequentemente dinheiro.

    Resposta
  • 4 de janeiro de 2021 em 11:34
    Permalink

    Geraldo, tenha respeito com o Sergio, ex prefeito de Colatina, ele nao quis reeleger por não achar isso correto e nem apoio ninguém e muito menos uma família inteira na política.
    Por favor nao o compare com a família Azevedo, ele fazia tudo aquilo que sabemos, espontaneamente, e não pelos votos, que pra uns significa dinheiro.

    Resposta
  • 4 de janeiro de 2021 em 08:20
    Permalink

    Pelo jeito o cenário vai ser esse pelos próximos 4 anos, um sujeito despreparado querendo aparecer de todas as formas…
    Enquanto a cidade precisa de estratégias para solução de inúmeros problemas, o prefeito juntamente com seus capachoes, ficam posando para fotos . Isso não é trabalho para prefeito, seu Ignorante, deixe que cada um faça o seu trabalho dentro da prefeitura… administre, ou pelo menos tente.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

7  +  2  =