Vereadores de Cláudio querem derrubar decreto do prefeito de reajuste da “passaginha” em tempos de pandemia


Com a mudança de postura política do vereador Tindora do Chico Vilaça, a Câmara de Cláudio conseguiu formar maioria para derrubar aumento da passaginha do transporte coletivo de Cláudio, que já está em vigor,  autorizado pelo Prefeito Zezinho do Zé da Juquinha, através do Decreto 468 assinado em 11 de maio de 2020 – Amanhã, segunda-feira (01/06), começam os debates para discutir o Decreto Legislativo com o objetivo de anular o preço reajustado e voltar ao preço anterior da “passaginha” – Os autores do projeto são os vereadores que fazem parte do “Bloco Todos por Cláudio”, Evandro, Tim Maritaca, Geny, Reginaldo Enfermeiro, Maurilio do Sindicato, e agora com o reforço de Tindora, o grupo passa a ter maioria em plenário para derrubar o decreto do prefeito.

A revolta da população, em que pese, o prefeito justificar que a empresa está sem reajuste há dois anos, é a concessão em tempos de pandemia.

A expectativa do Bloco Todos por Cláudio é que Tindora não mude seu posicionamento e volte à base do prefeito.

Já segundo Rafael, secretário de Cultura da Prefeitura de Cláudio, afirmou entender a ação. Porém, fez o seguinte questionamento: “Mas vamos pensar uma outra realidade: suponhamos que então a passagem volte ao preço anterior e, em vista disso, a empresa não tenha mais interesse em prestar o serviço de transporte (que é direito dela). Logo, deverá ser feita uma nova licitação e poderá ganhar a mesma empresa ou outra, inclusive com passagem até mais cara. Porque legalmente esse seria o caminho. Então minha pergunta é: O QUE ESSES VEREADORES FARÃO SE ISSO ACONTECER??
Seria importante eles esclarecerem isso a sociedade. Uma atitude que aparenta ser nobre pode se tornar um problema. Se isso acontecer eles vão assumir a culpa ou vão jogar nas costas do prefeito novamente, como é de praxe??? – Se informem pessoal, busquem os devidos esclarecimentos. Ano eleitoral alguns vereadores gostam de se mostrar “salvadores”. Busquem saber as consequências exatas de um ato. O serviço pode parar de ser prestado e em seguida ficar até mais caro! Se informem muito bem”

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PODCAST: escuta essa!!