Divinópolis: Cleitinho intervém em briga de trânsito; homem joga carro em cima de motociclista, e sofre tentativa de agressão


A confusão aconteceu na tarde desta segunda-feira (10), nas esquinas da Avenida Antônio Olímpio de Morais, com a Rua São Paulo, quando o condutor de um carro, e o outro condutor de uma moto se desentenderam, por que um teria fechado o outro, e em consequência deste desentendimento, o motorista jogou propositalmente o carro em cima do motociclista, que caiu,  e ao levantar partiu para cima do condutor do carro tentando agredi-lo com seu capacete, mas foi contido por populares. Porém com a chegada da polícia, segundo informações, o motociclista continuou violento, e por isso foi colocado na caçapa da viatura policial  para ser conduzido para a Delegacia de Polícia Civil – O deputado estadual Cleitinho Azevedo que estava na cena da ocorrência, se indignou por que a polícia colocou o motociclista na caçapa e depois de se desentender verbalmente com o condutor do carro, pela atitude dele em jogar o carro em cima do motociclista, começou a gritar dizendo que o motoqueiro era trabalhador. Mesmo sob os protestos do deputado estadual a Policia Militar deixou o motoqueiro na caçapa da viatura e seguiu com ele preso – Sobre o incidente de trânsito a Policia Militar enviou o release (informação) a seguir: 

DE TRÂNSITO R ANTONIO OLÍMPIO DE MORAES ESQ R SÃO PAULO, CENTRO, DIVINÓPOLIS.

HORA 13H25MIN

C.E, 53 ANOS E H.A.A.N. 28 ANOS.

VEICULO 1: ÁGILE, DE COR PRATA E VECIULO – 2 UMA HONDA CG 150 TITAN, DE COR PRETA.

SEGUNDO O CONDUTOR DO VEÍCULO 1, O ENVOLVIDO C.E., TRANSITAVA PELA RUA SÃO PAULO, SENTIDO ÚNICO, QUANDO NO CRUZAMENTO COM AVENIDA ANTÔNIO OLÍMPIO DE MORAIS, PAROU E OBSERVOU O TRÂNSITO, LOGO APÓS CONVERGIR À ESQUERDA, PERMANECEU NA FAIXA, PERCEBENDO QUE O OURO VEÍCULO APARECEU DO SEU LADO ESQUERDO, ESTANDO SEU CONDUTOR MUITO NERVOSO E LHE XINGANDO, SENDO QUE EM DETERMINADO MOMENTO, O CONDUTOR DO VEÍCULO 2 COMEÇOU A LHE AGREDIR COM SOCOS, MOTIVO PELO QUAL PEGOU UM CANIVETE QUE ESTAVA NO INTERIOR DO VEÍCULO, COM O INTUITO DE SE DEFENDER, VINDO A DAR RÉ EM SEU VEÍCULO. AINDA SEGUNDO O CONDUTOR DO VEÍCULO 1, DEVIDO O CONDUTOR DO VEÍCULO 2 CONTINUAR LHE AGREDINDO, VEIO A PERDER O CONTROLE DO VEÍCULO, TENDO O VEÍCULO 1 DESLOCADO PARA FRENTE, VINDO A CHOCAR-SE CONTRA O VEÍCULO 2. QUE APÓS SAIU DO INTERIOR DO VEÍCULO, MOMENTO QUE O CONDUTOR DO VEÍCULO 2 CONTINUOU A LHE AGREDIR COM O CAPACETE, SENDO NECESSÁRIA A INTERVENÇÃO DE TERCEIROS PARA QUE CESSASSEM AS AGRESSÕES.

SEGUNDO CONDUTOR DO V2, ENVOLVIDO H.A.A.N., TRANSITAVA PELA AVENIDA ANTÔNIO OLÍMPIO DE MORAIS, SENTIDO ÚNICO, PELA FAIXA DA ESQUERDA, QUANDO NO CRUZAMENTO COM RUA SÃO PAULO, O VEÍCULO 1, QUE TRANSITAVA POR ESTA ÚLTIMA, SENTIDO ÚNICO, REALIZOU UMA CONVERSÃO À ESQUERDA NA AVENIDA ANTÔNIO OLÍMPIO DE MORAIS, SEM OBSERVAR O TRÂNSITO, VINDO A “FECHAR” O VEÍCULO 2 E JOGAR O VEÍCULO EM SUA DIREÇÃO, MOMENTO QUE COMEÇARAM UMA DISCUSSÃO, TENDO O CONDUTOR DO VEÍCULO 1, DE POSSE DE UM CANIVETE, COMEÇANDO O AMEAÇAR, TENDO LOGO EM SEGUIDA, DADO RÉ E “JOGADO” SEU VEÍCULO EM CIMA DO VEÍCULO 2, MOTIVO PELO QUAL FOI AGREDIDO.

COM A CHEGADA DOS MILITARES, O CONDUTOR DO VEÍCULO 2, H.A.A.N., ESTAVA SENDO CONTIDO POR TESTEMUNHA, MESMO ASSIM PARTIU EM DIREÇÃO AO CONDUTOR DO VEÍCULO 1, DE C.E., E COMEÇOU A AGREDÍ-LO NOVAMENTE, DESFERINDO ALGUNS GOLPES COM O CAPACETE EM SUA CABEÇA, MESMO COM A CHEGADA DOS MILITARES, QUE DERAM ORDEM PARA QUE CESSASSEM AS AGRESSÕES, O QUE FOI NECESSÁRIO USO DE FORÇA MODERADA (TÉCNICAS DE IMOBILIZAÇÃO), PARA CONTÊ-LO E ALGEMÁ-LO.

DEVIDO AO ACIDENTE, O CONDUTOR DO VEÍCULO 2 SOFREU ESCORIAÇÕES NA MÃO ESQUERDA E QUEIXAVA-SE DE DORES NO PUNHO ESQUERDO, SENDO CONDUZIDO ATÉ A UPA 24 HORAS, ONDE RECEBEU ATENDIMENTO MÉDICO E FOI LIBERADO EM SEGUIDA. DURANTE TODO O DESENROLAR DA OCORRÊNCIA, H.A. PERMANECEU MUITO NERVOSO E AMEAÇANDO C.E. DIANTE DOS FATOS, H.A.A.N. FOI PRESO E CONDUZIDO PELO CRIME DE AGRESSÃO, AMEAÇA E RESISTÊNCIA. C.E. FOI PRESO E CONDUZIDO PELO CRIME DE AMEAÇA, SENDO TAMBÉM RECOLHIDO O CANIVETE POR ESTE. FORAM APRESENTADOS NA DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL PARA DEMAIS PROVIDÊNCIAS. O VEÍCULO 1 FICOU NA RESPONSABILIDADE DA ESPOSA DE C.E. E O VEÍCULO 2 NA RESPONSABILIDADE DE UMA TESTEMUNHA.

 

 

EM CONSEQUÊNCIA DO PERÍODO ELEITORAL OS COMENTÁRIOS ESTÃO SUSPENSOS

PODCAST: escuta essa!!