Hospital São João de Deus consegue reposição de oxigênio com escolta da Policia Militar


As manifestações que ocorrem nas principais rodovias de todo o país têm ocasionado diversos transtornos para empresas e comprometido principalmente o fornecimento de alimentos e materiais básicos para grande parte da população – Diante do grave cenário vivido pelo Brasil, o Hospital São João de Deus entrou no último dia 24, quinta-feira, em estado de alerta. Preocupados quanto ao atendimento de toda a população que depende de seus serviços e principalmente a reposição de gases medicinais, especialmente oxigênio, a instituição elaborou um plano de contingência garantindo a atendimento principalmente aos pacientes já internados e aqueles de urgência e emergência.

Desta forma, empenhados na garantia da assistência aos seus usuários e despendendo de todos os esforços junto à sua equipe, o Hospital São João de Deus conseguiu com a parceria da Polícia Militar, a liberação e escolta de um caminhão que transportava oxigênio. O veículo estava bloqueado na transportadora devido às manifestações na cidade de Betim desde segunda-feira e conseguiu chegar apenas na tarde desta sexta-feira ao Hospital São João de Deus para o reabastecimento do tanque de oxigênio.

De acordo com o Secretário Executivo da Comissão Interventora, Sr. Geraldo Lucas Lamounier, a ação conjunta da instituição com a Polícia Militar foi essencial para que o Hospital não ficasse desabastecido com o gás medicinal. “Sem o apoio da Polícia Militar não conseguiríamos o reabastecimento do oxigênio na instituição, que tinha sua capacidade de atendimento apenas até o próximo domingo, dia 27 de maio. Corríamos o risco iminente da falta deste gás medicinal para os nossos pacientes”.

Com o reabastecimento do tanque de oxigênio a instituição tem agora o suficiente para atender a toda a sua demanda até a próxima sexta-feira, dia 1º de junho. Até lá a instituição continuará em estado de alerta acompanhando todos os seus serviços e estoques, com a finalidade de amenizar os impactos causados pelo movimento grevista.

O Hospital São João de Deus agradeceu o apoio de todos os envolvidos e em especial à Polícia Militar que mobilizou sua guarnição para esta ação. 

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PODCAST: escuta essa!!