Coronel reformado da PMMG que em 2019 matou motorista de aplicativo em surto psicótico, foge da Clínica Bento Menni em Divinópolis


O coronel reformado da Polícia Militar de Minas Gerais, Flávio Donato, que em 2019 em um surto psicótico matou um motorista de aplicativo. Posteriormente por laudo médico foi considerado inimputável e com isso, inicialmente internado em uma clínica de Belo Horizonte. No último dia 14 de junho apareceu nu em frente ao Tribunal de Justiça de Justiça (TJMG) e ainda entrou em luta corporal com seguranças. Após ser levado para um hospital militar da capital, foi transferido para a Clínica Bento Menni em Divinópolis de onde fugiu na última segunda-feira.

Segundo relato policial, o coronel fugiu no momento em que ele estava na quadra acompanhado de um educador físico do hospital, que não sobe explicar para que lado o coronel reformado tinha seguido. Naquele dia foram realizadas buscas nas imediações da clínica, mas ele não foi encontrado.

Fonte: Itatiaia / Hoje Em Dia

 

2 comentários em “Coronel reformado da PMMG que em 2019 matou motorista de aplicativo em surto psicótico, foge da Clínica Bento Menni em Divinópolis

  • 24 de junho de 2022 em 23:25
    Permalink

    Fugiu….cansou de comer arroz com repolho….

    Resposta
  • 23 de junho de 2022 em 21:31
    Permalink

    Tinha q estar na cadeia p não fazer mais vítimas.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  +  82  =  89