Melhora o tempo em Divinópolis, mas previsão meteorológica é ainda de chuva


A população de Divinópolis hoje acordou mais aliviada. A vazão de água do Rio Itapecerica e do Rio Pará, diminuíram. No caso do Itapecerica, para se ter ideia, o nível às 16h na terça-feira (11), tinha 5m96cm de profundidade e hoje tem 4m95cm, conforme relatou um engenheiro da Companhia de Água e Saneamento (Copasa). Ou seja baixou praticamente um metro, em menos de 24 horas. Alívio para os ribeirinhos. Especialmente, os moradores do Candelária e bairros próximos. Isso porque, depois de terem sido pedidos para deixarem suas casas, após o alerta de abertura das comportas da Usina Hidrelétrica da Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG), em Carmo do Cajuru, na última segunda-feira (10), hoje (12) eles começaram a retornar para casa. Porém, as notícias boas dão uma pausa por aqui. Ao menos, por enquanto.

 

Moradores ribeirinhos do Candelária preparam para voltar para casa. | Foto: Reprodução/PMD

 

Ao longo dessa semana, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) ainda há previsão de chuva. O estado está classificado em alerta laranja. O último comunicado foi divulgado às 11h00 desta quarta-feira (11) e prevê chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 a 100 mm/dia, com ventos intensos (60-100 km/h). O aviso aponta ainda risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

 

Mapa de calor aponta previsão de mais chuvas para Divinópolis e Região Centro-Oeste. | Foto: Reprodução/Climatempo

 

Cenário das chuvas em Minas Gerais

Segundo pesquisa feita por volta das 12h de hoje, em MG, já são 345 cidades em situação de emergência, conforme levantamento da Defesa Civil. Ainda de acordo com os dados, o índice de gente desabrigada e desalojada é preocupante. São 3.992 pessoas desabrigadas e outras 24.610 desalojadas em toda Minas, sendo 10.854 só nas últimas 24 horas. Há confirmação de pelo menos 19 mortes em decorrência das chuvas, sem falar nas inúmeras estradas estaduais e federais com interdições parciais e totais, que cortam as trilhas mineiras.

Depois da tempestade, vem o Sol

Com a breve estabilidade do clima, algumas pessoas agradeceram nas redes sociais, pela melhora do tempo e “saída” discreta do Sol, mesmo entre nuvens. Veja abaixo registro do céu no bairro Bom Pastor, em Divinópolis.

 

Sol entre nuvens marca o clima divinopolitano nesta quarta-feira (12). | Foto: Vinícius Xavier

Vinícius Xavier

Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) - Unidade Divinópolis. Com 10 anos de carreira, começou a escrever para o Divinews em fevereiro de 2021. Repórter multieditorial. Interesse em pautas da ciência, cultura, entretenimento, futebol e política.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  −  4  =  3

PODCAST: escuta essa!!