Defensoria Pública aciona Justiça contra Cleitinho Azevedo (CDN) por abuso de crianças e adolescentes na inauguração do McDonald’s; Divinews é intimado a retirar imagens


O Divinews representado por seu Diretor Executivo, Geraldo Passos recebeu  na última sexta-feira (24),  uma notificação extrajudicial da Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais, por meio do Núcleo da Infância e Juventude, intimando que  as imagens de vários adolescentes postadas no site por ocasião da inauguração do McDonald´s fossem retiradas – No teor da notificação consta que as crianças e adolescentes que aparecem nas imagens levadas para a “tal lanchonete”, referindo-se ao McDonald´s  foram expostas a vídeos e fotos de maneira ofensiva ao seu direito de imagem, e sem autorização judicial” e ainda que, “O deputado Estadual Cleitinho Azevedo convidou tais crianças e adolescentes para a inauguração abusando delas, com um suposto caráter altruísta as expôs ao constrangimentos e atitudes vexatórias por que publicamente vinculou elas à instituição acolhedora que provisoriamente estão. 

A notificação segue dizendo que: “As imagens e vídeo com adolescentes e do seu suposto fim altruísta estão sendo compartilhadas e exploradas por toda a rede da mídia digital, ocorrendo nítido viés de exploração para promoção pessoal com abuso das imagens dos menores”

O Núcleo da Infância e Juventude, de Divinópolis, diz que providencias judiciais estão sendo tomadas contra tal violação, incluindo uma Ação Civil Pública contra as redes sociais Facebook e Instagram, e lógico contra o deputado Estadual e contra também o município de Divinópolis.

O Divinews foi intimado a retirar as imagens das crianças da matéria até as 18 horas desta sexta-feira (24), caso contrário, o site iria compor o polo passivo da ACP já em andamento contra o deputado Cleitinho Azevedo, o Facebook e o Instagram.  O Divinews cumpriu o prazo e retirou as imagens.

 

NOTA DIVINEWS: A matéria publicada pelo site, em nenhum momento fez menção ao fato do deputado Cleitinho Azevedo, acompanhado por seus irmãos, o prefeito Gleidson Azevedo, e o vereador Eduardo Azevedo, ter levado à lanchonete crianças e adolescente de um abrigo, sem a autorização da justiça. Não foi a pauta do Divinews.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

4  +    =  10

PODCAST: escuta essa!!