Polícia Civil prende estuprador em Nova Serrana


A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu, no último fim de semana, um mandado de prisão contra um suspeito de estuprar uma mulher de 47 anos, na cidade de Nova Serrana, na região Centro-Oeste. A ação contou com o apoio da Guarda Municipal da cidade. Segundo a PC, no dia 09 de janeiro deste ano, o suspeito, de 32 anos, invadiu uma barraca improvisada com tábuas e lona, onde se encontrava um casal. Mediante ameaças, expulsou o companheiro da mulher e deu início ao estupro. Após nova ameaça, a vítima teria sido levada para outro bairro, onde novamente foi violentada. Na ocasião do crime, somente após um descuido do suspeito, ela teria conseguido fugir e então pedir socorro. Ainda conforme a Polícia Civil, a vítima foi encaminhada para atendimento médico, e os exames confirmaram o crime.

A partir de então, a PCMG deu início a investigação que visava identificar e qualificar o suspeito, para depois solicitar a prisão dele. Durante as pesquisas, os investigadores descobriram que o suspeito já possuía uma extensa ficha criminal, com passagens por roubo, furto, invasão de domicílio, ameaça e lesão corporal.

De acordo com a delegada responsável pelo caso, Thaís Santos Duarte, “trata-se de um indivíduo de extrema periculosidade, frio e violento, com passagens pelos mais diversos crimes. Esperamos inclusive, que com a sua prisão, possam surgir novas vítimas. Nosso agradecimento especial à Guarda Municipal da cidade, que esteve pronta a nos auxiliar no cumprimento do mandado”, comentou a delegada.

O suspeito foi conduzido até a delegacia regional de Nova Serrana, e depois encaminhado ao sistema prisional, onde se encontra à disposição da justiça.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

38  −  30  =  

PODCAST: escuta essa!!