SITUAÇÃO CRÍTICA: Mesmo com 26 leitos extras, UPA Divinópolis atinge 317% de ocupação


Nesta quinta-feira (25), a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), alertou a população para a continuidade do estado crítico da ocupação dos leitos hospitalares para tratamento da Covid-19 na cidade e na Macrorregião Oeste, que após atualização do último boletim epidemiológico, constatou que o índice chegou a 317% na UPA.

Hoje a situação dos leitos no Hospital de Campanha de Divinópolis na UPA subiu 17% em relação a ontem. Na enfermaria adulto foram colocados 26 leitos extras e a ocupação passou de 12 para 38 pacientes, o que representa a somatória da ocupação. Dos 38 leitos, 37 estão ocupados com pacientes de Divinópolis.

No CTI adulto, que tem capacidade para 25 pacientes, foram colocados três leitos extras e a ocupação está em 112%. Dos 28 pacientes, 25 são de Divinópolis. A enfermaria infantil está com ocupação de 50% com quatro, dos oito leitos ocupados, sendo um com paciente de Divinópolis.

Na área de atendimento pelo SUS do Hospital São João de Deus a situação também é crítica. O CTI adulto está com ocupação de 100% com seus 20 leitos ocupados. Na enfermaria adulto a ocupação é de 70% com 25 dos 36 leitos ocupados. O CTI infantil está com três dos seus 10 leitos ocupados (30%).

Conscientização

A Semusa ressalta que é fundamental que a população entenda a gravidade da situação que a pandemia está causando em Divinópolis e toda região, tanto na rede hospitalar pública quanto na privada. A situação é extrema. A falta de leitos significa risco de morte para quem precisar de atendimento com urgência. Somente o isolamento social e o respeito a todas as medidas preventivas poderá auxiliar para que a região saia desta situação.

Crédito da foto: Edilson Dantas/Agência O Globo

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

1  +  3  =  

PODCAST: escuta essa!!