Líder do Governo (Print Junior) aconselha Secretária de Administração retirar gatilho salarial dos servidores municipais


Há alguns dias o Divinews fez um “teaser” jornalístico no WhatsApp dizendo que havia a intenção da Secretária de Administração, Raquel de Oliveira Freitas e do vereador Líder do Governo, Eduardo Print Junior (PSDB) em acabar o gatilho salarial dos servidores públicos municipais, fato este que após a publicação do “teaser” foi imediatamente desmentido, também através de um post no WhatsApp de que não era verdade. Contudo, o assunto chegou sim, a ser ventilado, tanto é que, em uma conversa do líder do Governo com o editor do Divinews, no dia 27 de abril, aproveitando uma fala do vereador Roger Viegas em plenário em uma sessão anterior a essa data, em que ele (Roger) posteriormente deu a versão de que seu desejo era retirar o gatilho apenas dos agentes políticos e não dos servidores concursados e nomeados, chegando a enviar um oficio para o Sintram reafirmando  seu compromisso com os servidores públicos de carreira, de que sua fala em plenário referiu-se a retirada do gatilho somente para os agentes públicos e não para toda categoria, o líder do Governo diz textualmente (WhatsApp), o seguinte: “Eu ainda falei para a Raquel aproveita a fala do Roger e pense no fim do gatilho”, neste caso referia-se ao entendimento de que Roger se referia a todos e não apenas aos comissionados.  A simbiótica relação politica e de pode entre os dois fica assim evidenciado.  

O fato é que tanto o ex-prefeito Vladimir Azevedo, quanto o atual prefeito Galileu Machado tem cumprido o gatilho instituído pelo ex-prefeito Demetrius Arantes. Porém existem agentes políticos que publicamente externam uma fala para a categoria. Contudo internamente é diferente. Galileu não aventou tal possibilidade quem o fez foi o vereador para a secretária.

 

 

 

EM CONSEQUÊNCIA DO PERÍODO ELEITORAL OS COMENTÁRIOS ESTÃO SUSPENSOS

PODCAST: escuta essa!!