Banner
DiviNews Moda Geral DIVINÓPOLIS: vereador, “perdido”, diz que Aterro Sanitário tem que ser instalado em algum lugar: Ermida? Davanuze? Icarai?
Sex, 26 de Fevereiro de 2016 00:39 - Atualizado ( Dom, 28 de Fevereiro de 2016 10:42 )

DIVINÓPOLIS: vereador, “perdido”, diz que Aterro Sanitário tem que ser instalado em algum lugar: Ermida? Davanuze? Icarai?

DiviNews
Grupo "NO QUILOMBO NÃO" em reunião com o deputado Fabiano Tolentino O vereador Delano Santiago (PRTB), teve nesta quinta (25), no plenário da Câmara, durante a reunião ordinária, uma “fala” totalmente incompatível com a sua função, de que nem ele, e tão pouco outros vereadores, enfim, a Câmara não estão sabendo oficialmente, nada sobre a instalação do Aterro Sanitário nas proximidades das comunidades do Quilombo e Choro. Além do Divinews ter acompanhado seu “pronunciamento”, in loco. Segundo áudio ( a partir de 16:49) da Câmara, o edil diz: “Jogam a responsabilidade para a Câmara Municipal, sem sequer ter chegado aqui nenhum projeto constando a instalação desse Aterro Sanitário no Quilombo e no Choro. Não chegou nada para nenhum dos vereadores. Se chegou, chegou para o Presidente e ele não nos comunicou. Mas, acho que não chegou. Nem o presidente da Comissão de saúde (Edmilson Andrade) também não foi comunicado. Diante disso para nós, nada vai ser instalado na comunidade” – Será mesmo que o vereador, após exato um mês (26/01), data que foi realizada a primeira Audiência Pública na UNA, entre os moradores das duas comunidades, com a empresa Viasolo, que tem ou teria a pretensão de instalar o Aterro Sanitário próximo ao Quilombo e ao Choro, o VEREADOR DELANO SANTIAGO NÃO SABE ? – Não sabe, por exemplo que a partir dessa Audiência Pública foi criado um grupo denominado “NO QUILOMBO, NÃO”? usando até WhatsApp, que está mobilizado contra essa absurda ideia da instalação de um aterro sanitário, próximo a comunidades rurais produtoras de alimentos, e que no dia 22, na última segunda-feira, ocorreu uma reunião no gabinete do deputado estadual Fabiano Tolentino, com a presença de vários advogados, entre eles o Pedro Paulo Pozzolini, procurador dos moradores da comunidade, e ainda que já foi agendada uma reunião na Assembleia Legislativa (ALMG) para o dia 16 de março às 10 horas – Então, para informar ao desinformado edil, além de Pedro Paulo, estiveram presentes na reunião o advogado Alican Albernaz, Roberta Carrilho, Carlos Eduardo Magalhães, Aristides Salgado, Paulo Oliva. E, o colega de bancada de Delano, o vereador Marquinhos Clementino, que também faz parte do grupo “NO QUILOMBO NÃO” – Delano, conseguiu fazer apenas uma colocação pertinente, perguntou onde estavam os empreendedores da Cidade Tecnológica, localizada tão próxima do Aterro Sanitário, e que em nenhum momento da discussão se pronunciaram a respeito. Estranho, não. Que empreendedores queiram como vizinho um aterro sanitário – Transcrevemos ipsis litteris a fala do vereador, algumas “coisas” não são inteligíveis.  - ATUALIZAÇÃO: por falha nossa, tinhamos esquecido que estiveram presentes na Audiência Pública da UNA, além do vereador Marquinhos Clementino, os edis, Anderson Saleme, Adair Otaviano, Rodyson Kristinamurti - Como Delano faz uma fala que a Câmara não tem conhecimento, que ele não tem conhecimento? 

“Quais são as perspectiva do lixão que será instalado no Quilombo. Na mesma região do Quilombo e do Choro, será construída a cidade tecnológica. Junto com os vereadores, com a sociedade civil e você que está em casa. Você que mora na comunidade do choro, do Quilombo, há necessidade de chamarmos a cidade tecnológica, aqueles empresários que vão se instalar ali na cidade tecnológica. A opinião desses empresários, por que o que está parecendo é que muito pouco está levando em consideração o que aquela população do Quilombo e do Choro está reivindicando.

O vereador Adilson Quadros falou muito bem aqui sobre o lixão, que é algo inevitável vai ter que acontecer. O aterro sanitário é importante em uma macrorregião em uma cidade com mais de 200 mil habitantes. Então vai acontecer. Ele falou ainda uma coisa mais importante ainda, que ninguém quer o lixo na porta. Se ninguém quer o lixo na porta vai ter que ter o aterro sanitário que tem total vantagem e desvantagem. Agora o local precisa ser discutido.

Joga para a Câmara Municipal, sem sequer ter chegado aqui nenhum projeto constando da instalação desse aterro sanitário, lá do lixão, do Quilombo, Choro, não chegou nada para nenhum dos vereadores. Se chegou para o presidente, ele não nos comunicou. Eu acho que não chegou.

Então como ainda não sabemos nada, o presidente da comissão de saúde, também não sabe, não foi comunicado. Então pra nós não tem nada que vai ser instalado na comunidade, no Quilombo e no Choro. Mostrando para a Câmara Municipal que o responsável pela instalação.

É como os vereadores deixam instalar naquele local, onde há produção agropecuária, de um lixão de um aterro sanitário. Isso não é verdade, isso é mentira. Os vereadores não tem ciência da instalação. Nós não fomos comunicados e nós não tivemos reunião nenhuma, com empresa nenhuma, com executivo hora alguma a respeito da instalação naquele local, nem da Comissão de Saúde que não foi chamada, para discutir sobre a instalação do aterro sanitário.

Nós vamos precisar discutir muito essa situação. E nós vamos precisar da opinião desses empresários da cidade tecnológica. A cidade tecnologia se for aquilo que realmente foi mostrado aqui pra nós
Nós precisamos nos envolver nas comunidades do choro e quilombo que tem um referência totalmente contraria a câmara municipal. Não é daqui que passou a indicação do local.

Eu acho, eu acredito que está em estudo, por que aqui não passou nada ainda, eu acho que ainda vamos ser chamados a discutir, eu acho que ainda vamos ter Audiência Pública, eu acho que vamos.

Não é possível que vamos fazer uma instalação de algo tão importante, inevitável, que precisa de acontecer aqui no município, sem uma abertura aqui da câmara municipal. Até mesmo para saber se aqueles que são contra a instalação do aterro sanitário naquele local, se eles tem sugestão de outro local.

Porque a gente ser contra é muito fácil, e já engatando em outro assunto que é o Hemominas, ser contra é muito fácil, tacar pedra é muito fácil, ser totalmente contra e sem conteúdo é mais fácil ainda. Não acredito que vai ser instalado aqui em Divinópolis, algo tão importante, sem a discussão da comunidade.

E mais ainda, saber da comunidade onde é o melhor local que poderia ser, por que ninguém quer o lixo na porta.

Se não for no Quilombo e no choro, vai ser onde? em Ermida? Se não for em Ermida, vai ser aonde? Vai ser no Davanuze? No Icaraí? Algum lugar vai ter que ser.

A gente podia abrir essa discussão, pra depois ninguém, ou só um levar as pedras. Acho que tem que dividida a responsabilidade.

O que o vereador não sabe, pelo menos até o horário em que ele falou sobre o assunto é que a discussão já está aberta há muito tempo. A sociedade civil organizada, está se movimentando, independentemente de qualquer poder público.




Imprimir E-mail PDF
Comente esta notícia
Busca RSS
OTAVIANO GUSMÃO TROSK  - LIXÃO   |2016-02-27 14:06:40
Uma cidade cujo prefeito mora em Belo Horizonte, pouco importa onde será instalado o depósito atrativo de pragas, ou depósito contaminador de lençois freáticos. Com certeza vai ser no terreno do parlamentar mais inteligente que conseguirá fraudar licitação e vender do preço que quiser. E o povo fica sabendo só depois.
Anônimo  - Onde vai deve ser o aterro Geraldo   |2016-02-26 18:11:03
Eu gostaria de saber do ilustre Jornalista onde deve ser construido o aterro sanitário?
Observe   |2016-02-26 12:06:58
Faltou o café na mesa........
Anônimo  - Coleta seletiva para a cidade já!   |2016-02-26 10:51:02
Deveria instalar próxima a casa dele, engraçado que em Itaúna tem coleta seletiva e em Divinópolis não tem. Até hoje nenhum vereador tem um projeto assim para a cidade #menoscruzeiromaritimoemaistrabalho
Luiz Carlos  - Reciclagem   |2016-02-26 09:08:23
Reciclagem do lixo urgente.
Abaixo "Aterro Sanitário" o próprio nome diz tudo ATERRO eufemismo de LIXÃO.
Tuca   |2016-02-26 08:43:50
Esse vereador Delano não tem crédito nenhum. O que fala não se escreve. Bento M

enni nele!
Rafael Matos   |2016-02-26 08:15:30
É um enorme problema, porque onde quer que seja o Geraldo do Divinews vai estar lá pra reprovar o local com certeza, e meter o ferro nos vereadores e empresários que estão com este problemão, bem que você Geraldo poderia indicar um local apropriado. Ninguem eu afirmo com toda certeza, ninguém quer um lixão perto de sua casa ou de seu sitio, mas infelizmente todos nos contribuímos com nossos lixos. E o lixão vai ter que ir pra algum lugar!
Eu   |2016-02-26 07:52:12
Bem que ele disse que toma umas cervejas e umas pinquinhas.
Anônimo   |2016-02-26 06:22:42
ESTÃO APANHANDO DO LIXO, NAUM SABEM O Q FAZER E TEM UM AÍ NA MESA Q AINDA PENSA EM SER PREFEITO, SE DO LIXO NAUM ESTAO DANDO CONTA, IMAGINEM OS OOUTROS PROBLEMAS, RUAS, SAÚDE, ESCOLAS, ADMINISTRAR A CIDADE ETC. VAI DAR INDIGESTÃO ADMINISTRATIVA.
Anônimo   |2016-02-26 05:40:09
estala na casa dele.kkk
Claudio   |2016-02-26 05:12:08
Mas a pergunta que não quer calar.
Se não for no quilombo vai ser onde?
com certeza em algum lugar será,e ai vai começar outro lenga lenga interminável.
Oliveira  - Aterro sanitario   |2016-02-29 07:51:31
Não podemos resolver o problema do aterro controlado construindo um aterro sanitario em um local inadeguado, proximo de nascentes, de produtores rurais que ja estão ali a anos, proximo a rodovia com riscos para os que travegam devido ao fato de aterros sanitarios atrairem aves de grande porte. Os aterros são passiveis de explosões devido aos gases e no local pretendido existem torres de transmissão de alta tensão de Furnas e outros fatores que inviabilizam a construção de um aterro naquele local. A que se procurar um local onde tais riscos sejam menores e não olhar apenas o interesse economico, a logistica, que prejudique o menor numero de pessoas possivel e que essas sejam devidamente indenizadas.
Telúrico   |2016-02-26 05:11:57
Talvez dislexia




Mas não tem como ele saber mesmo não. Se em fevereiro, que era pra ele estar trabalhando, ele estava prorrogando carnaval, imagina em janeiro, que era recesso parlamentar. Ihhhhhhhhhhh... Tava pra lá de Bagdá
Marcos   |2016-02-26 04:56:43
Em Divinópolis nada sai .É muita prosa e pouco trabalho
Anônimo   |2016-02-26 04:10:04
Por ña sus casa
Escrever um comentário
Nome:
E-mail:
 
Website:
Título:
 

Buscar matérias no Divinews

OFERTAS ABC desta quarta, quinta e sexta-feira

You must have the Adobe Flash Player installed to view this player.

EVENTOS