Banner

Geral

COMPLICOU PARA TEMER E AÉCIO: maioria do STF confirma validade das delações da JBS e Fachin segue como relator

COMPLICOU PARA TEMER E AÉCIO: maioria do STF confirma validade das delações da JBS e Fachin segue como relatorCom o voto do ministro Dias Toffoli, o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) alcançou maioria de 6 votos a zero em favor da validade dos acordos de delação premiada da empresa JBS, homologados em maio pelo ministro Edson Fachin, bem como da manutenção dele como relator do caso. Restam os votos de cinco ministros - O plenário, em sua maioria, entendeu que a validade legal de qualquer acordo de delação premiada não pode ser revista, uma vez que tal legalidade for atestada pelo ministro relator, no caso, Edson Fachin - Durante uma sessão tensa de debates, ficou entendido também que a competência para homologar os acordos cabe somente ao relator do caso, e não ao colegiado do STF, seja plenário ou uma das turmas - No momento da homologação, os ministros concordaram que não cabe ao relator julgar se os termos do acordo de delação são justos ou não, mas somente analisar se as cláusulas estão de acordo com a lei e se o delator deu as declarações de forma voluntária, sem ser coagido - Fica a cargo do colegiado, plenário ou turma, analisar, posteriormente, a eficácia dos termos do acordo, ou seja, julgar se foram obtidos os resultados prometidos pelo delator, podendo-se assim, no momento da análise de mérito do caso, rever seus benefícios se as promessas não forem cumpridas - Votaram nesse sentido o relator, Edson Fachin, e os ministros Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux e Dias Toffoli. Restam os votos de Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio, Celso de Mello e da presidente, Cármen Lúcia - “A partir do momento em que o Estado homologue a colaboração premiada, atestando a sua validade, ela só poderá ser descumprida se o colaborador não honrar aquilo que se obrigou a fazer. Porque, do contrário, nós desmoralizaríamos o instituto da colaboração premiada e daríamos chancela para que o Estado pudesse se comportar de uma forma desleal, beneficiando-se das informações e não cumprido sua parte do ajustado”, disse Barroso - O julgamento foi motivado por questionamentos sobre a legalidade dos acordos da JBS feitos pela defesa do governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, um dos citados nos depoimentos dos executivos da empresa - A defesa de Azambuja contestou a remessa do processo a Fachin, alegando que os fatos narrados pelos delatores não têm relação com os crimes investigados na Lava Jato, e também a extensão dos benefícios concedidos aos delatores - No acordo com os executivos da JBS, o Ministério Público Federal (MPF) se comprometeu a não apresentar denúncia contra os delatores, em troca de informações que efetivamente incriminem políticos envolvidos em casos de corrupção - "Duvido piamente que o Ministério Público tenha feito um bom negócio penal", disse o ministro Marco Aurélio Mello, indicando que, ao votar, se posicionará de maneira diversa da maioria.

Atualizado ( Sex, 23 de Junho de 2017 11:15 )

Leia mais...
 

“Temer é o chefe da quadrilha mais perigosa do Brasil”, revela Joesley Batista sobre o Presidente da República do Brasil

“Temer é o chefe da quadrilha mais perigosa do Brasil”, revela Joesley Batista sobre o Presidente da República do Brasil Em uma entrevista exclusiva para a Revista Época, Joesley Batista, literalmente confirmou o que todos já imaginavam diante dos vários diálogos que o próprio empresário gravou com o Presidente e que explodiu uma falsa república construída a partir ...

Atualizado ( Sáb, 17 de Junho de 2017 12:51 )

Leia mais...

Ministério Público Eleitoral (MPE) recorre ao Supremo (STF) contra absolvição de Temer no TSE com voto minerva de Gilmar Mendes

 Ministério Público Eleitoral (MPE) recorre ao Supremo (STF) contra absolvição de Temer no TSE com voto minerva de Gilmar Mendes O Ministério Público Eleitoral (MPE) vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que com voto de minerva de Gilmar Mendes absolveu a chapa Dilma/Temer - O procurador-geral Eleitoral, Nicolao Din...

Atualizado ( Seg, 12 de Junho de 2017 22:37 )

Leia mais...

LAVA JATO – OPERAÇÃO GATURNO: Policia implode esquema em Furnas e atinge operador de Aécio Neves

LAVA JATO – OPERAÇÃO GATURNO: Policia implode esquema em Furnas e atinge operador de Aécio Neves Em desdobramento da Operação Lava Jato, batizado como Barão Gatuno, a Polícia Civil do Rio de Janeiro mirou o esquema de corrupção em Furnas, que vem desde o governo Fernando Henrique Cardoso, quando o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) nomeou ...
Leia mais...

'Foi quase como se eu tivesse pego minha mulher na cama com outro', exagerou o apresentador Márcio Garcia, agora ex-amigo de Aécio Neves

'Foi quase como se eu tivesse pego minha mulher na cama com outro', exagerou o apresentador Márcio Garcia, agora ex-amigo de Aécio Neves Aconteceu na última quarta-feira, 31, na casa de Caetano Veloso e Paula Lavigne, em Ipanema, Zona Sul do Rio, uma reunião entre cerca de 100 artistas e intelectuais afim de encontrar um único discurso entre eles para evitar que, apesar de terem opiniõ...

Atualizado ( Ter, 06 de Junho de 2017 02:30 )

Leia mais...

Rodrigo Rocha Loures, “longa manus” de Michel Temer, é preso em Brasília

Rodrigo Rocha Loures, “longa manus” de Michel Temer,  é preso em Brasília A Polícia Federal (PF) prendeu nesta manhã (3/6) o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR). O longa manus de Temer foi preso preventivamente em Brasília e levado para a Superintendência da PF no Distrito Federal. A prisão foi solicitada na noite d...

Atualizado ( Seg, 05 de Junho de 2017 20:28 )

Leia mais...

MAIS UMA NA CONTA DE MINEIRINHO: PGR pede abertura de inquérito para investigar Aécio por lavagem de dinheiro - R$ 60 milhões

MAIS UMA NA CONTA DE MINEIRINHO: PGR pede abertura de inquérito para investigar Aécio por lavagem de dinheiro - R$ 60 milhões No mesmo dia em que a PGR ofereceu denúncia ao Supremo Tribunal Federal contra o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) pelos crimes de obstrução da Justiça e corrupção passiva, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, solicitou a abertura...
Leia mais...

Coincidência? Delegado da Policia Federal que apurava morte de Teori Zavascki é assassinado em Florianópolis

Coincidência?  Delegado da Policia Federal que apurava morte de Teori Zavascki é assassinado em Florianópolis Os dois delegados da Polícia Federal (PF) assassinados na madrugada desta quarta-feira (31) no Bairro Estreito, em Florianópolis, atuavam no Rio de Janeiro. Elias Escobar e Adriano Antônio Soares estavam na cidade, segundo a assessoria de imprensa da P...

Atualizado ( Qua, 31 de Maio de 2017 21:15 )

Leia mais...

Galileu nomeia marido de sua sobrinha e é denunciado pelo MP por improbidade administrativa (nepotismo) ; e o nomeado por Falsidade Ideológica

Galileu nomeia marido de sua sobrinha e é denunciado pelo MP por improbidade administrativa (nepotismo) ; e o nomeado por Falsidade Ideológica Segundo informações iniciais do Gazeta do Oeste, reproduzida também pelo Sistema MPA, posteriormente confirmado pelo Divinews, direto com a Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público, que confirmou a denúncia de improbidade administrativ...

Atualizado ( Seg, 29 de Maio de 2017 20:09 )

Leia mais...
JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

EVENTOS