Missa do Crisma da Diocese de Divinópolis é presidida por Dom José Carlos e concelebrada por outros dois bispos e mais 96 sacerdotes


No itinerário da Páscoa, nosso caminho nos passos da paixão de Jesus se inicia na Quinta-feira Santa, primeiro dia do Tríduo Pascal. Nela, após recordar o gesto do lava-pés, fazemos memória da Instituição da Eucaristia celebramos a instituição do sacerdócio ministerial.

Também, nesse dia, pela manhã, celebra-se a Missa do Crisma, que também pode ser Missa da Unidade ou Missa dos Santos Óleos pois, durante essa celebração, se abençoa os “santos óleos” que serão usados na administração do Sacramento do Batismo, da Unção dos Enfermos e da Crisma, e, portanto, levados por cada sacerdote à sua paróquia.

Na Diocese de Divinópolis, a Missa do Crisma é celebrada, tradicionalmente, na Catedral Diocesana, que fica repleta de fiéis, de várias paróquias. Neste ano, não foi diferente. Na manhã de hoje, 18 de abril, a Catedral recebeu uma multidão de pessoas para a celebração da Missa do Crisma. Presidida por dom José Carlos e concelebrada por Dom Hugo Maria Van Steekelenburg, bispo emérito de Almenara-MG; por Dom Mário Clemente, bispo emérito de Tefé-AM; e por 96 sacerdotes, diocesanos e religiosos.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Diocese

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

COMENTÁRIO SEM IDENTIFICAÇÃO DO FACEBOOK