Câmara de Divinópolis aprova Projeto que permite uso maquinas de assar, cadeiras e mesas “bistrôs” nas calçadas


O projeto de autoria do vereador Roger Viegas (PROS), foi aprovado por unanimidade na reunião ordinária desta terça-feira (19) – Com a aprovação do projeto será possível o uso de mesas e cadeiras bistrôs e similares, como as máquinas de assar nas calçadas e praças públicas de Divinópolis – Segundo a assessoria do vereador, o projeto tem como objetivo atender a necessidade de vários estabelecimentos comerciais da cidade que hoje utilizam bistrôs, ao invés de mesas e cadeiras. Ainda conforme a justificativa, o uso dessas mesas, diz a assessoria, trará grande benefício para todos, principalmente para os pedestres, visto que o espaço ocupado pelos bistrôs é bem menor que as mesas convencionais.

Já o vereador afirmou: “Nós estamos fazendo apenas uma adequação na lei 4242 de 1997, que atende os estabelecimentos que utilizam essas mesas nas calçadas. Queremos contribuir para que os estabelecimentos estejam respaldados na lei e possam utilizar as mesas conhecidas por “bistrô” dentro e fora dos estabelecimentos, de forma correta”.

A assessoria ressalta também que a colocação de mesas, cadeiras, bistrôs e máquinas de assar, em passeios e praças públicas do município de Divinópolis, só serão permitidas mediante licença concedida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Políticas de Mobilidade.

Agora, para virar lei, o Prefeito Galileu Machado deverá sancionar o Projeto.

 

Modelo de mesa e cadeiras bistrôs 

Imagem Ilustrativa: Tv Integraçaõ

 

17 comentários em “Câmara de Divinópolis aprova Projeto que permite uso maquinas de assar, cadeiras e mesas “bistrôs” nas calçadas

  • 22 de março de 2019 em 18:49
    Permalink

    Que ideia é essa onde verdadeiras fornalhas em brasa ao invés de funcionar exclusivamente em cozinhas,terem autorização para funcionar na calçada ,” pasmem “,na calçada, e o pior com as bênçãos do legislativo.

    Resposta
  • 22 de março de 2019 em 11:36
    Permalink

    Depois dessa ambulantes também podem ocupar vias públicas, camelôs e outros, porque não? ?????
    Que lei é essa?

    Resposta
  • 22 de março de 2019 em 07:50
    Permalink

    Swmpre achei um desrespeito com a população . Nos bares da R São paulo ninguém passa nas calçadas tem que passar pela rua , um horror. Essa mesa tipo bistrô não vai dar mais lugar não. Vão colocar quantos couberem o importante é encher as calcadas

    Resposta
  • 20 de março de 2019 em 15:21
    Permalink

    Não sei onde o pedestre irá passar ‘com essas ruas cheias de buracos agora churrasqueiras, mesas e não sei mais o quê ,tem e de resolver outros assuntos tipo esse asfalto todo cheio de buracos ,tá difícil Divinópolis tá largado.

    Resposta
  • 20 de março de 2019 em 13:37
    Permalink

    A pior coisa que tem são pessoas dar opinião sem saber a verdade dos fatos. A lei não altera em nada a questão da assessibilidade, que já é garantida por lei especifica. A lei que libera a colocação de mesas, cadeiras e assadeiras jã existe desde 1997. O que foi mudado é que simplesmente a palavra bistrô foi incluida. Pra quem não sabe ou não conhece, o bistrô ocupa muito menos espaço na calçada do que uma mesa convencional. Então a alteração ao contrário do que muitos estão dizendo ai nos comentarios, vai melhorar a mobilidade e não piorar. Só pra constar, não sou eleitor e nem amigo do vereador. Somente tive o cuidado de ler o projeto e vi que não é nada do que a turma está falando

    Resposta
  • 20 de março de 2019 em 11:36
    Permalink

    Parabéns pela iniciativa não sei porque não era permitido não atrapalha nada as vezes votamos em pessoas que atrazao a vida dos comerciantes e pessoas alí na praça da catedral a atração maior é as mesas na praça tão bom tomar uma cervejinha na praça

    Resposta
  • 20 de março de 2019 em 11:03
    Permalink

    Coitado do cadeirante sr lasca nesta ai ne

    Resposta
  • 20 de março de 2019 em 10:51
    Permalink

    É um absurdo o que anda acontecendo em Divinópolis, agora querem legalizar o uso das calçadas pelos bares, onde eles poderão usar um espaço público a seu favor colocando mesas e até churrasqueiras! Então as calçadas não serão mais para os pedestres, o que já acontece a algum tempo. Essa é uma cidade sem lei, onde tudo que é errado é permitido para atender à interesses de poucos. Eu gostaria de perguntar aos nossos vereadores como fica a questão da acessibilidade? Com certeza eles não andam em cadeiras de rodas, não utilizam bengalas para se guiarem, não são idosos que tem dificuldades de locomoção, não tem bebês que andam em carrinhos, e outras situações em que precisam fazer uso das calçadas. Gostaria também de perguntar aos nossos vereadores se caso algum idoso, algum cadeirante ou outro pedestre qualquer que esteja andando pela calçada e se depare com mesas e churrasqueiras bloqueando sua passagem e ele precise desviar andando pela rua e for atropelado, quem irá se responsabilizar? A prefeitura, a câmara municipal ou o dono do estabelecimento?
    E outra coisa, já que irão permitir aos donos dos bares um espaço a mais para seus estabelecimentos prolongando até a calçada, nos dá também o direito de usar nossas calçadas como quisermos: estacionando carros, permitindo ambulantes venderem o que quiserem, os comerciantes exporem suas mercadorias mais próxima ao público, ou seja, permitir o uso de um espaço público para qualquer finalidade, menos o de transitar livremente e com segurança pelas calçadas. E as praças também serão “privatizadas” pelos bares? Não serão mais para as crianças brincarem, para os velhos se distraírem e para as pessoas se divertirem simplesmente? Não serão, porque irão se esbarrar nas mesas, cadeiras e churrasqueiras dos comerciantes de bebidas; não terão mais o espaço que é público pois os nossos vereadores resolveram por lei dar a permissão para eles explorarem à sua vontade . Eu também sou comerciante em outro ramo, também quero fazer uso da calçada para meu benefício, e tenho certeza que outros também irão querer, e aí? Vamos poder ? Não pode haver dois pesos e duas medidas ! Tem que ser igual para todos os contribuintes, até porque eu pago mais impostos do que os donos de bares!
    Eu não sei o que passa na cabeça desses vereadores que não trabalham para a ordem e bem estar comum, só trabalham para privilegiar amigos, parentes e para agradar seu curral eleitoreiro.
    Não vamos permitir que isto aconteça, basta de tanta bagunça nessa cidade, vamos fazer valer a vontade da maioria, até porque nós pagamos IPTU e outros impostos também, somos todos contribuintes para o desenvolvimento dessa cidade. Sem esquecer da sujeira que isso irá provocar nas calçadas , imaginem churrasqueiras jogando óleo para todos os lados, e sabemos que limpeza não é o forte em nossa cidade.
    Vamos impedir isso!
    Repassem!

    Resposta
  • 20 de março de 2019 em 10:28
    Permalink

    Eu acho que tem coisas mais importantes para eles se preocuparem, eles deviam olhar mais pra nossa linda e grandiosa Divinópolis.

    Resposta
  • 20 de março de 2019 em 09:21
    Permalink

    Meu como esses projetos inúteis são rapidamente aprovados? O que realmente a população nescessita demora séculos!!!
    É preciso concentrar força no que realmente trás benefícios p população, e não p quem tá na night ostentando sua cervejinha ao ar livre.
    Pelo amor de Deus, por Divinópolis tá no buraco!!!

    Resposta
  • 20 de março de 2019 em 09:16
    Permalink

    ou seja o pedestre que se lasque anota ai povao

    Resposta
  • 20 de março de 2019 em 08:54
    Permalink

    Certamente, a aprovação desse projeto absurdo serve para atender o interesse dos comerciantes, que geralmente desrespeitam as regras estipuladas na lei; além de que a maioria dos transeuntes de sente constrangida em circular por entre as mesas e se expõe ao perigo do trânsito, ao utilizar a pista de rolamento. Lástima!

    Resposta
  • 20 de março de 2019 em 08:29
    Permalink

    É o fim mesmo… porque sem autorização os bares já tomam conta da calçada. E aí o pedestre agora vai caminhar na rua ou será que vão adquirir um par de asas pra passar por cima onde a calçada está preenchida por mesas… assadeiras… churrasqueira etc??

    Resposta
  • 20 de março de 2019 em 08:10
    Permalink

    E a Lei de Acessibilidade?
    Pode uma Lei Municipal sobrepor a uma Lei Federal?
    Sem Lei autorizando já colocam mesas, cadeiras e outros, obstruindo passeios e calçadas , e com autorização então?
    Vão colocar até no meio da Rua.

    Resposta
  • 20 de março de 2019 em 02:54
    Permalink

    E como ficam os comerciantes que mesmo com a economia rastejante pagam caro seus impostos, enquanto outros usufruem do espaço público, principalmente atrapalhando o acesso do cidadão às calçadas. Sem noção. Bota fiscalização na rua e regularizam a subtração do espaço público. Realmente…

    Resposta
  • 20 de março de 2019 em 00:40
    Permalink

    Não vai mudar nada em questão de acessibilidade só vai atrapalhar os comerciantes , uma vês que o custo desses bistrôs som bem altos e acomodaram bem menos gente.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

COMENTÁRIO SEM IDENTIFICAÇÃO DO FACEBOOK