Marcos Vinicius (PROS) diz que poderosos barram desenvolvimento de Divinópolis, citando veto ao Carrefour; Critica atuação de secretário de Desenvolvimento


Após dizer que a falta de emprego em Divinópolis é uma calamidade, e que existem milhares de pessoas desempregadas, o vereador Marcos Vinicius atribui essa falta de oportunidade de emprego da capital do Centro-Oeste, reforçando o adjetivo que no passado ela ostentava de “princesinha do centro-Oeste, mas que na verdade não se apresenta assim em termo de oportunidade para todos” – E questionou se essa situação de baixo emprego se dá pela incompetência dos gestores, pela falta de projetos, ou se existe situações de reserva de mercado, acrescentando com dados que sempre, há anos foram falados à boca pequena na cidade. “Fala-se às ruas, que o Carrefour foi impedido de vir para a cidade, por interferência de alguns poderosos, que tentam fazer reserva de mercado”.

Com veemência fez críticas ao Desenvolvimento Econômico da cidade, ao dizer que o polo siderúrgico não existe mais, com a força que existiu no passado. Igualmente falou do setor confeccionista que passa por dificuldades seríssimas, e que existem muitas empresas com os dias contados para fechar as portas, dizendo que o que está ruim poderá piorar ainda mais, “Se os gestores, os políticos, os empresários das classes empresariais e dos trabalhadores em direção a esse Fórum que estou propondo junto com todos os vereadores e também com representantes do Governo Estadual, Federal e do Municipal”, vaticinou o edil sobre o futuro sombrio do município.

O vereador lamentou ainda que comparativamente, Divinópolis não tenha conseguido gerar empregos, tanto quanto a vizinha Nova Serrana, que a partir de dados oficiais tenha conseguido criar mil novos empregos, e que Divinópolis, praticamente não criou nenhum.

Criticou o excesso de burocracia como um dos gargalos, um entrave para o desenvolvimento da cidade. Além de revelar um dado muito preocupante ao constatar através também de informações oficiais que existem pessoas, trabalhadores acima de 50 anos, sem nenhum rastro de contribuição previdenciária, sinalizando que tais trabalhadores ficaram na informalidade por não ter uma carteira de trabalho registrada, ou seja, como se diz popularmente na região, não foi fichado pelas empresas.

Segundo Marcos Vinicius, como é consenso geral tanto no meio político, quando empresarial, fez eco às severas críticas à atuação do secretário de Desenvolvimento Econômico, José Alonso Dias, que como observação, até o momento é o único secretário que não esteve ainda na Câmara para sua prestação de contas das realizações de sua pasta, obedecendo assim uma lei municipal criada pelo vereador Josafá, em que todos já o fizeram. “Vou provoca-lo, não somente a ele, mas a ACID, CDL, FIEMG, que pertence ao Sistema S, e todos os órgãos que tem responsabilidade na geração de emprego”

O vereador concluiu afirmando que o papel da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, neste momento de desemprego na cidade é tão importante quando a Secretaria de Saúde, e Educação, que não se pode fechar os olhos para este problema que assola a cidade. É preciso que o secretário seja proativo, por que a cidade está estagnada e retrocedendo no tempo, por falta de gestão e administração, e não ter compromisso para a atração de novos empregos. “Vamos repensar o aeroporto, vamos repensar as nossas estradas, e vamos fazer um plano para propiciar dias melhores para a cidade”

 

8 comentários em “Marcos Vinicius (PROS) diz que poderosos barram desenvolvimento de Divinópolis, citando veto ao Carrefour; Critica atuação de secretário de Desenvolvimento

  • 17 de março de 2019 em 10:37
    Permalink

    Não permitem que empresas melhores venham ,porque pagam melhores salários , isto causaria um prejuízo para empresas de Divinópolis , porque migrariam para outras empresas ou as de Divinópolis teriam de aumentar salários .

    Resposta
  • 15 de março de 2019 em 17:41
    Permalink

    O povo vota em pessoas que não conseguem administrar nada, não sabem o que é politica e ainda se acham donos da verdade. Cidades do mesmo porte de Divinópolis, como Sete Lagoas ( em estado de calamidade financeira, mesmo com inúmeras industrias de médio e grande porte, onde até o prefeito acabou de renunciar), dentre outras em nosso estado falido, estão todas no mesmo barco. Polarizam regiões grandes e só recebem problemas. A população precisa se unir e trabalhar em prol da comunidade, colaborando com a administração municipal, votando melhor, cuidando pelo menos da sua porta, do seu passeio, do seu lote. Divinópolis precisa se reinventar, é verdade. Tem problemas sim, mas eles não estão só aqui. A reinvenção da cidade passa por todos os setores da sociedade ( empresários, profissionais liberais, políticos, trabalhadores em geral e por todos aqueles que aqui vivem.)

    Resposta
  • 14 de março de 2019 em 23:28
    Permalink

    melhor emprego simples do que nada

    Resposta
  • 14 de março de 2019 em 22:10
    Permalink

    pra mim não mudou nada de nada , falar bonitinho está muito longe de agir, ainda mais citando nome de algum supermercado, aqui tá cheio é de buraco e mato ,escorpiões, baratas ,ratos, cavalos e caes soltos nas ruas.pergunto e aí ??

    Resposta
  • 14 de março de 2019 em 17:39
    Permalink

    Essa cidade vai virar uma Ribeirão das Neves , ou seja , uma cidade dormitório.Está servindo para criar mão de obra para outras cidades . Hoje o pessoal sai para trabalhar Nova Serrana , São Sebastião do Oeste , Cláudio
    Mais também com esses políticos e empresários de Divinópolis , nada vai pra frente.

    Resposta
  • 14 de março de 2019 em 14:26
    Permalink

    ATÉ PARECE que Carrefour traz progresso para algum lugar. Só gera emprego de baixa qualificação e baixa renda, com rotatividade altíssima.

    Resumindo, é um ABC mais fino.

    Resposta
  • 14 de março de 2019 em 10:48
    Permalink

    Parabéns Marcos.
    Falou a verdade. Divinópolis so vai desenvolver quando esse grupo antigo de politicos forem renovados e os empresários locais acordar para realidade de mercado. Somos uma cidade grande e pobre.
    Cadê a linha aérea ? Deve ter tido “dedo” de alguns empresarios de transportes que boicotaram.Vejam os ônibus que ligam Divinópolis a BH? Nao renovam e nem dao o lugar para outras. (Outro dia abri o guarda chuvas dentro do ônibus) Estou falando so do transporte.
    Lamentável.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

COMENTÁRIO SEM IDENTIFICAÇÃO DO FACEBOOK