Aprovação do parcelamento da dívida da Prefeitura de Divinópolis de R$ 10,7 milhões com o Diviprev garante pagamento do 13º salário para amanhã, sexta (15)


Em reunião que foi realizada às 9 horas, na manhã desta quinta-feira (14), os Conselheiros do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Divinópolis (DIVIPREV), aprovaram a dívida da Prefeitura, referente aos meses de dezembro, janeiro e fevereiro, no valor de R$ 10,7 milhões, parcelada em 60 meses –  Esse é o terceiro parcelamento feito pela administração de Galileu Machado. Segundo informações, os únicos conselheiros que votaram contra o parcelamento foram dois servidores da Câmara, Vander Lúcio e Clarissa – Logo a seguir a Diretoria de Comunicação emitiu a seguinte Nota:

“Os conselheiros do Diviprev aprovaram por 9 votos a 2 o parcelamento dos repasses em atraso com o instituto em 60 meses. A votação aconteceu hoje pela manhã na sede do Diviprev. Os conselheiros se sensibilizaram com a situação financeira enfrentada hoje pelo município e diante do compromisso firmado pela Administração de os valores serão amortizados a partir do momento em que o Governo do Estado iniciar o repasse dos cerca de R$ 120 milhões confiscados da Prefeitura de Divinópolis, antecipando-se, assim, o prazo acertado hoje”

“Com a decisão tomada, a Administração Municipal mantém a previsão financeira que havia planejado e envia ainda hoje para a rede bancária o dinheiro para o pagamento de parte do 13º salário dos servidores. Serão pagos até R$ 4 mil. O dinheiro deverá estar nas contas dos trabalhadores já na próxima segunda-feira.  O valor pago representa a quitação total de boa parte do benefício dos servidores, já que apenas cerca de 10 deles ainda terão algum complemento a ser feito em relação ao 13º”.

Um comentário em “Aprovação do parcelamento da dívida da Prefeitura de Divinópolis de R$ 10,7 milhões com o Diviprev garante pagamento do 13º salário para amanhã, sexta (15)

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

COMENTÁRIO SEM IDENTIFICAÇÃO DO FACEBOOK