Oposição aplaude de pé líder do Prefeito Galileu por ter criticado a desunião da equipe e em especial atuação da secretária de obras


Segundo o vereador Eduardo Print Junior, em seu pronunciamento realizado na tarde desta terça-feira (12), como último orador da sessão ordinária da Câmara, um dos grandes problemas que existem na administração do Prefeito de Divinópolis, são as fogueiras das vaidades e os super egos entre os secretários e secretárias municipais. Print fez um discurso tão inflamado que ao final todos os vereadores, e claro os da oposição, como o vereador Edson Sousa, Sargento Elton, Ademir Silva, Matheus Costa, e Janete o aplaudiram entusiasticamente. Alguns chegaram a ir em sua direção para abraçá-lo. Na verdade, foi um momento de êxtase diante de sua critica fala contra os secretários e em especial à secretária de obras, Claudia Machado.

Print iniciou sua fala dando razão aos problemas que os vereadores anteriores que o antecederam relataram sobre a cidade e a sua gestão: “Estão chamando Divinópolis de “Cidade Tatu, onde os buracos assolam os quatro cantos dessa cidade. Buracos, que infelizmente se tampa de manhã e a chuva da noite, com uma operação que não funciona. É triste reconhecer erros, e até mesmo estratégias que não funcionam. O Governo neste momento tem que ter humildade de reconhecer que a nossa Secretaria de Obras, não consegue fazer esse papel” Print referiu-se a secretária responsável pela Secretaria, Claudia, Machado, filha do prefeito Galileu Machado.

O vereador líder do Governo, deu toda razão a população que tem que transitar nas vias públicas sem nenhuma condição, ou melhor, conforme o edil, tem condição zero de trafegabilidade. E que não tira a razão dos vereadores em todas as reuniões falarem sobre o mesmo assunto. “Mas se não houver uma mudança cerebral na pessoa que faz a gestão da pasta, dificilmente nós vamos obter êxito”

Na sequencia o vereador refere-se, nas entrelinhas que a secretária tem mente pequena e um grande ego “Pra que isso, o ego hoje é Divinópolis, o amor que temos que ter a nossa cidade ao cidadão que trafega pela cidade”

Ele segue em sua fala dizendo que todos estão clamando por uma simples patrol, por uma retroescavadeira, um simples tapa buraco, um simples escoamento da água de chuva, disse ainda que são coisas simples, lembrando que o Prefeito Galileu foi referência de 2001 a 2004, quando foi prefeito da cidade pela terceira vez.

Criticou a desunião das Secretarias, dizendo que cada uma estava para um lado, e “foda-se o próximo, por que uma trabalha contra a outra, mas que deveriam trabalhar em prol de um senhor de 85 anos. Mas com essa idade ainda ter que dar conta de egos de secretários – Por que fulano não me ligou, por que a máquina da minha secretaria, por que o trator não pode rodar em tal lugar, por que a máquina só vai para o buriti. Isso é ego – E a nossa cidade fica em segundo plano, e a gestão fica onde. É triste! É triste!

Finalizou afirmando sentir muito ter que apoiar vereadores, que fazem críticas semanalmente ao Governo Municipal. Mas infelizmente, na sua maioria eles tem razão, por que os secretários não têm união.

Print afirmou ainda que o contrato emergencial é de suma importância para solucionar os problemas de buracos no município, que já deveria ter sido feito. Para isso é necessário fazer a medição das principais vias, e em especial das linhas de ônibus. Para fazer a operação com asfalto quente, que vai ter a durabilidade maior e melhor.

E citou exemplos, “com três equipes apenas. Mandar uma para a Brigadeiro Cabral, outra para o Serra Verde e uma outra para o Centro. A tarde, uma para o Bom Pastor, outra para o Interlagos”

Disse ainda que o que existe é uma desorganização de gestão de secretários. E disse que tem secretários/as que até hoje não entendeu a real função do seu trabalho. Lamentou ter que lembrar qual é o papel de cada secretário. “Não posso fazer defesa de secretários, posso falar de gestão competente, de união de secretários que querem trabalhar. De uma secretária que preocupada com o georreferenciamento da cidade, transformou o alvará online em uma das referências de Minas. Isso é plausível de defender”

O parlamentar criticou secretários que só querem saber da chegada do final do mês, para receberem seus salários, sem compromisso nenhum com a população.

“É triste pegar recursos vindouro do ex-prefeito Vladimir Azevedo, de emendas parlamentares e não conseguiram aportar nos cofres do município”

Finalizou afirmando que não adianta protocolar projetos para ser aprovado a toque de caixa, que por que a Câmara não é padaria, que faz pão todo dia as 5 horas da manhã.

O fato é que ao término de sua fala os vereadores, o aplaudiram de pé, principalmente os da oposição, que chegaram a abraçar o líder do Governo Galileu.

Em entrevista para vários veículos de comunicação que habitualmente cobrem o legislativo, Print reafirmou seu pronunciamento na tribuna.

 

EM ANDAMENTO…..

 

 

 

 

 

 

 

2 comentários em “Oposição aplaude de pé líder do Prefeito Galileu por ter criticado a desunião da equipe e em especial atuação da secretária de obras

  • 13 de março de 2019 em 05:58
    Permalink

    enquanto isso os buracos continuam…

    Resposta
  • 12 de março de 2019 em 21:33
    Permalink

    nunca votei no print mas agora me junto aos outros nos aplausos a ele essa secretaria nunca foi nem sera verdadeiramente uma secretaria no maximo ela pode ser um zero a esquerda e a direita e a todos os outros lados e o pai dela tambem

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

COMENTÁRIO SEM IDENTIFICAÇÃO DO FACEBOOK