Após sofrer grave acidente, jornalista de Divinópolis processará a TELEMONT


O jornalista Rodrigo Dias, que sofreu um grave acidente no dia 14 de novembro, em consequência de atos operacionais irresponsáveis de técnicos de instalação de cabos, da TELEMONT, entrará com processo e pedido de indenização contra a empresa – O Divinews, desde o dia do acidente tem tentado entrar em contato com os responsáveis pela empresa, não apenas em Divinópolis, mas em diversas outras unidades. Contudo, de forma leviana, inconsequente e irresponsável de quem não tem o menor senso de responsabilidade social, o jogo é de um ping pong interminável, com total descaso, um joga para o outro, que joga para o um. Similar a  mesma situação que ocorreu no dia do acidente, em que não prestaram nenhum tipo de assistência para vítima e nem tão pouco à família, com qualquer tipo de apoio.  Não condizente em nada, do que está exposto no site da empresa que presta serviços para as grandes operadoras de telefonia  – A tentativa mais recente foi feita nesta última  quarta-feira (05) quando a funcionária Franciele nos direcionou para o departamento jurídico em Belo Horizonte, que não deram a menor importância e disseram que sequer estavam sabendo da ocorrência de Divinópolis. É bem possível que os “irresponsáveis” da filial de Divinópolis, não tenham relatado o que aconteceu e a gravidade. A direção da empresa só deverá ficar sabendo quando chegar a intimação do processo, através de um oficial de justiça. 

Estranhamente, a Telemont que fica localizada na Rua Itapecerica 801, não possui nenhuma identificação de que naquele local existe uma empresa. Somente um grande portão azul. O sinal mais evidente de que ela é uma concessionaria de telefonia fixa da Oi, são uns ultrapassados orelhões colocados na calçada, que ainda causa transtorno aos transeuntes.

 

Um comentário em “Após sofrer grave acidente, jornalista de Divinópolis processará a TELEMONT

  • 6 de dezembro de 2018 em 14:32
    Permalink

    Hoje (06) na esquina (rua do chumbo com 23 de novembro) do hospital São João o de Deus a mesma empresa executando o que parecia ser o mesmo tipo de serviço (esticando cabos) sem nenhum tipo de sinalização, mostrando o descaso com a segurança alheia.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

COMENTÁRIO SEM IDENTIFICAÇÃO DO FACEBOOK