DIVINÓPOLIS: Moscas em balcão de carnes de supermercado causa indignação em cliente; empresa justifica e Vigilância Sanitária fiscaliza


Conforme o relato de uma cliente que por ser proeminente na cidade, pediu para manter o sigilo da fonte, e não ser identificada. Ela disse que no momento em que  estava fazendo compras no Hipermercados ABC, localizado na Rua Goiás, no último domingo. No momento chegou no balcão onde ficam expostas as carnes, visualizou duas moscas lá dentro. E, segundo ela, uma das moscas entrou dentro de uma peça de carne enquanto a outra seguiu voando. Foi no momento em que ela decidiu não apenas fotografar, mas também filmar, e por whatsApp contar o caso enviando imagens para o Divinews. Sendo as mesmas imagens que o Divinews enviou para o contraditório da empresa, e também para a Vigilância Sanitária.

Explicação da empresa

Dentro do princípio do contraditório do jornalismo, o Divinews entrou em contato com o Departamento de Marketing da empresa, relatando o caso, enviando um e-mail ainda no mesmo dia, domingo (11).  Posteriormente, também através de e-mail,  foi enviado uma justificativa, assinada pela médica veterinária do Grupo, Tassiana Borges, explicando que a empresa adota controle integrado de pragas através de empresa terceirizada, especializada em tal tipo de combate e que as inspeções são feitas quinzenalmente, ou sempre que for necessário de acordo com a demanda. Quanto ao fato ocorrido, disse que: “é algo que infelizmente estamos sujeitos, mesmo tomando todos os cuidados necessários e exigidos”

Parecer da Vigilância Sanitária  

O Divinews entrou também em contato com a Vigilância Sanitária do município, que através da, coordenadora do setor de fiscalização, Ana Claudia, que informou que os procedimentos adotados para o controle de pragas e vetores nos estabelecimentos são os preceituados pelo RDC (Resolução da Diretoria Colegiada) da ANVISA, número 216 de 15 de setembro de 2004 que em seus itens 4.3.1 e 4.3.2 diz o seguinte:

4.3.1 A edificação, as instalações, os equipamentos, os móveis e os utensílios devem ser livres de vetores e pragas urbanas. Deve existir um conjunto de ações eficazes e contínuas de controle de vetores e pragas urbanas, com o objetivo de impedir a atração, o abrigo, o acesso e ou proliferação dos mesmos.

4.3.2 Quando as medidas de prevenção adotadas não forem eficazes, o controle químico deve ser empregado e executado por empresa especializada, conforme legislação específica, com produtos desinfetantes regularizados pelo Ministério da Saúde.

O parecer número 428/2018 da Vigilância Sanitária, assinado peça diretora de Vigilância em Saúde, Janice Oliveira Soares, e a Coordenadora de Vigilância Sanitária, Ana Claudia Araújo Quadros, é encerrado com a informação de que todos os estabelecimentos de serviços de alimentação devem cumprir o disposto em tal legislação, a fim de impedir o acesso de pragas e vetores, e, caso as ações preventivas não sejam suficientes para impedir a atração, o abrigo, o acesso e ou proliferação dos mesmos, deverá ser adotado controle químico por empresa que possua Alvará Sanitário.

Salientaram ainda que, será enviada ao local uma equipe de fiscalização sanitária para apuração dos fatos relatados, conforme as demandas de urgência da Vigilância Sanitária.

E finalizaram a solicitação de informação sobre o procedimento: “Sendo o que nos apresenta para o momento, colocamo-nos à disposição para maiores esclarecimentos caso se façam necessários.

 

Versão da empresa ABC Supermercados

“Na empresa, adotamos um controle integrado de pragas através de uma empresa terceirizada, especializada nesse tipo de combate. As inspeções são feitas quinzenalmente ou sempre que necessário de acordo com a demanda”

“O fato ocorrido é algo que infelizmente estamos sujeitos, mesmo tomando todos cuidados necessários e exigidos. Estamos em uma época onde o volume de pragas, no caso a mosca, é alto”.

“Com o movimento das lojas, os balcões de exposição são abertos constantemente, nesse momento as moscas, que por ventura estão no ambiente, podem entrar nos balcões”.

“O procedimento nesses casos, é dos colaboradores da área, retirar imediatamente de dentro do balcão e as superfícies das carnes que por ventura tiveram contato com a mosca serão imediatamente levadas para o impróprio”.

“Diante do ocorrido, pedimos que por ventura ocorra novamente, que comunique com os colaboradores (açougueiros), para que eles possam tomar as medidas corretivas, de imediato.”

Tassiana Borges – Médica Veterinária Grupo ABC.

Dúvidas estou à disposição.

 

CÓPIA DO PARECER DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA

 

 

 

6 comentários em “DIVINÓPOLIS: Moscas em balcão de carnes de supermercado causa indignação em cliente; empresa justifica e Vigilância Sanitária fiscaliza

  • 18 de novembro de 2018 em 15:32
    Permalink

    Depois que reparei que todas as lojas deles não deixam as maquinas de moer carne a vista dos clientes, parei comprar nesse estabelecimento, pois causa suspeita. A muitos anos a empresa adota esse tipo de procedimento, vai saber por qual motivo. Diferente, os açougues e até mesmo o Supermercado RENA, trabalha de forma transparente. Se vc pedir, os funcionários do Rena até retira o restante da carne que foram moida anteriormente. ABC, no quesito CARNE, perdeu credibilidade há muito tempo.

    Resposta
  • 16 de novembro de 2018 em 20:21
    Permalink

    Não é de hoje que as carnes do ABC são estranhas, até mesmo as embaladas a vácuo. Não duram 2 dias na geladeira, ficam acinzentadas e com cheiro azedo, sem dizer do sabor alterado. Não dá para comprar carnes nesse supermercado. Sobre as moscas é, infelizmente, comum em todos açougues, vivemos em um país tropical, é praticamente impossível evitar das moscas pousarem nas carnes, já até me ocorreu de comprar uma peça de carne moída em um açougue e em casa ver que uma mosca foi moída junto. Não fiz barraco nem nada, como disse, infelizmente é algo comum do nosso clima.

    Resposta
  • 16 de novembro de 2018 em 12:52
    Permalink

    A vigilância tem que fiscalizar mais de perto mesmo!!!Também comprei coisas estragadas nesse mesmo supermercado.

    Resposta
  • 16 de novembro de 2018 em 12:05
    Permalink

    Hoje em dia se forma um sensacionalismo em toda e qualquer situação, mas eu como cliente, antes de expor as situações e tentar difamar, mesmo que involuntariamente, posso chamar os responsáveis e mostrar o erro antes de expor nas redes sociais…está errada as moscas lá…SIM, porém tem que se observar tudo que o estabelecimento faz para manter as regras de higiene no dia a dia…ao meu ver a pessoa foi muito infeliz em expor…se fosse uma reincidência seria diferente, concordam ?

    Resposta
  • 16 de novembro de 2018 em 11:57
    Permalink

    Significado de Proeminente
    adjetivo
    Que fica mais alto do que os demais; que se destaca.
    Que segue de maneira saliente: cicatriz proeminente.
    [Figurado] Que tende a se destacar ou se sobressair tendo em conta as características intelectuais, riqueza ou poder: classe proeminente do bairro.

    Resposta
  • 16 de novembro de 2018 em 08:08
    Permalink

    Já aconteceu comigo a dois anos atrás e quando reclamei o açogueiro disse que era normal, as moscas estavam por toda loja, pousava nos carrinhos que tinham carne. Chamei o gerente da loja e disseram que era normal. Deixei de comprar carne no ABC. Onde compro atualmente nunca vi uma mosca. Isto é questão de limpeza adequada do local e lavagem do balcão de carne diariamente.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

COMENTÁRIO SEM IDENTIFICAÇÃO DO FACEBOOK