Descaso do município com a saúde é lembrada na Tribuna Livre da Câmara de Divinópolis


Aconteceu hoje (11) mais uma reunião ordinária da câmara de vereadores onde o tribuno do dia foi o Warlon Carlos Elias, presidente do conselho municipal de saúde, que foi até o plenário para denunciar os cortes de 70 vagas de tratamento de Pacientes Fora do Domicilio (TFD) e sobre os leitos do SUS no hospital São João de Deus.

O tribuno lembrou que o município possui dois ônibus com vinte e oito lugares para fazer o transporte dos pacientes e que diz reembolsar os mesmo, porém eles não estão recebendo o reembolso e quando o responsável por esse repasse é indagado às justificativas são as mais diversa possíveis.

As situações não foram resolvidas pelos responsáveis do município sendo assim as denuncias foram levadas ao Ministério Público para que as medidas legais sejam tomadas.

Em conversa com o Divinews, Warlon disse não ter visto intenção de melhorias por parte do governo já que estava mais uma vez na tribuna com as mesmas denuncias.

“A situação continua praticamente a mesma de quando eu denunciei. Eu não vi a intenção de melhorar de ajuste nos tivemos ai algumas auditorias e algumas conversas, mas no município a cidade não anda”.

Warlon também denunciou que dos 20 leitos comprados no Hospital São João de Deus para o funcionamento do SUS pra que houvesse um desafogamento da UPA apenas 14 estão funcionando, de tal forma que a mesma fique funcionando como Hospital.

“ Até hoje estamos vendo serem usados 12 dentre os 14 que estão funcionando pois dois eles estão alegando que seja de emergência,agora eu quero ver a questão da urgência e emergência se ela procede porque eu entendi que seria para desafogar a UPA e não para fazer regulação” finalizou

 

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.