DATAFOLHA coloca Haddad no segundo turno com 16%, contra Bolsonaro com 28%


O candidato Fernando Haddad, do PT, subiu na pesquisa Datafolha divulgada nesta madrugada e foi a 16%, à frente do seu principal adversário, Ciro Gomes, que tem 13% – é uma situação de empate técnico, mas com vantagem para o petista. Jair Bolsonaro lidera a disputa com 28%. No segundo turno, Haddad e Bolsonaro empatam – os dois têm 41%. Pesquisa é muito ruim para o PSDB, uma vez que Geraldo Alckmin se mantém estagnado, com 9%. Marina, com 7%, praticamente sai de cena.

O candidato Fernando Haddad, do PT, subiu na pesquisa Datafolha divulgada nesta madrugada e foi a 16%, à frente do seu principal adversário, Ciro Gomes, que tem 13%. Jair Bolsonaro lidera a disputa com 28%. “O ex-prefeito Fernando Haddad (PT), que cresce desde sua confirmação como substituto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na corrida, atingiu 16% das preferências, três pontos a mais do que na semana passada. O candidato petista continua tecnicamente empatado com Ciro Gomes (PDT), que ficou estagnado, com 13%”, informa o jornalista Ricardo Balthazar.

“Bolsonaro cresceu no Sudeste, Norte e Sul, onde atingiu sua melhor marca (37%), e ganhou pontos entre jovens e até entre mulheres, apesar da grande rejeição no segmento. O petista cresceu no Sudeste e no Nordeste —onde alcança a melhor pontuação (26%) e única região em que está à frente de Bolsonaro. O ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), que tem quase metade do tempo de TV, está estagnado na pesquisa, com 9%. O tucano aparece empatado com Marina Silva (Rede), que agora soma 7% das preferências, menos da metade do que tinha no início da campanha”, diz a reportagem.

“As simulações do Datafolha para segundo turno mostram que Ciro é o único candidato que venceria todos os rivais. Ele bateria Bolsonaro com 45% das intenções, vantagem de 6 pontos sobre o capitão. Nos outros cenários, Bolsonaro empata com Haddad, Alckmin e Marina. A rejeição a Bolsonaro continua alta, e a de Haddad cresceu. Segundo a pesquisa, 43% dos eleitores dizem que não votariam de jeito nenhum no capitão e 29% rejeitam o petista”, diz o texto.

Confira, abaixo, todas as simulações de segundo turno:

  • Bolsonaro 42% x 41% Marina (branco/nulo: 16%; não sabe: 2%)
  • Ciro 41% x 34% Alckmin (branco/nulo: 22%; não sabe: 2%)
  • Alckmin 40% x 39% Bolsonaro (branco/nulo: 19%; não sabe: 2%)
  • Alckmin 39% x 36% Marina (branco/nulo: 23%; não sabe: 2%)
  • Ciro 45% x 39% Bolsonaro (branco/nulo: 14%; não sabe: 2%)
  • Alckmin 39% x 35% Haddad (branco/nulo: 24%; não sabe: 3%)
  • Haddad 41% x 41% Bolsonaro (branco/nulo: 15%; não sabe: 2%)
  • Ciro 45% x 31% Marina (branco/nulo: 22%; não sabe: 2%)
  • Marina 37% x 37% Haddad (branco/nulo: 24%; não sabe: 2%)
  • Ciro 42% x 31% Haddad (branco/nulo: 25%; não sabe: 3%)

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

COMENTÁRIO SEM IDENTIFICAÇÃO DO FACEBOOK