Câmara de Divinópolis realiza segunda Etapa do Parlamento Jovem


Nesta última sexta-feira (17) ocorreu na Câmara Municipal de vereadores de Divinópolis a segunda etapa regional do Parlamento Jovem. O projeto visa a trabalhar a importância da política dentro das escolas, como uma forma de desmitificar o tema e despertar interesse entre os jovens.

Por: Vitor Correia (Estagiário)

O evento reuniu jovens de seis municípios do Centro-Oeste Mineiro ( Arcos, Bom Despacho, Divinópolis, Nova Serrana, Pains e Pará de Minas). Cada cidade enviou cinco estudantes para participarem dessa etapa preliminar, cujo foco principal era a violência contra mulher, se dividindo em três subtemas.

Vinte e três projetos foram elaborados pelos alunos e votados pelos mesmos durante a plenária regional, e apenas seis destes serão escolhidos e encaminhados para a Assembleia Legislativa de Belo Horizonte, onde acontece a terceira e última etapa. O programa possui projetos em âmbito municipal e estadual que já foram aprovados.

O vereador Raimundo Nonato destaca a importância do Parlamento Jovem, acreditando que este está preparando bons cidadãos para o futuro. “O Brasil nunca entrou em tanta crise em termo político como estamos vivendo nesse cenário, então só de ver essa casa cheia com mais de quarenta jovens interessados em um assunto político, é de suma importância e temos que valorizar”, destaca.

Segundo Roberto Franklin, diretor da escola do Legislativo, à assembleia em parceria com as Câmaras Municipais vêm desenvolvendo esse projeto há algum tempo. “O objetivo é aproximar os jovens do poder público, despertando neles o exercício da cidadania, explicando efetivamente o que é política e o interesse social na busca de alguns projetos e programas para desenvolver na sociedade”, afirma.

O estudante Anderson Luís, 17 anos, da cidade de Nova Serrana, estará representando Minas Gerais pelo parlamento, em Brasília e contou para o Divinews sua expectativa: “É um misto de emoções, uma responsabilidade muito grande, antes eu representava só minha cidade agora tenho a responsabilidade de representar todo o estado de Minas Gerais. Pretendo ire trazer algo novo pra gente, novas experiências que possam estar incentivando os meninos.”

A estudante Mirian Assunção, 17 anos, da cidade de Pará de Minas conta que a política está presente em várias situações cotidianas e ressalta: “A política é incrível, não é esse tabu que as pessoas colocam”, ainda completa “somos o futuro desse país”.

O coordenador pedagógico da escola do Legislativo e também coordenador regional do Parlamento Jovem, Samuel Carlos, 28 anos, lembra que o projeto não possui relações partidárias. As propostas podem se tornar leis nos municípios e se forem aprovada na Assembleia Legislativa podem virar leis ou normas estaduais. Ele ainda conta que é um projeto que demanda muito tempo e trabalho, como coordenador, precisa acompanhar as ações de outras cidades.

“Os alunos que estão aqui participando não possuem conflito porque o trabalho foi feito de forma muito acertada nos municípios”

O bondespachense Caio Augusto, 17 anos, diz que participar do parlamento o permitiu viver novas experiências, “conhecer o parlamento me deu a chance de fazer uma diferença significativa”. Temas como corrupção, igualdade de gênero, maus tratos aos animais , foram tratados no plenário para que não passem despercebidos. “O poder está nas nossas mãos, cabe a nós mudar” finaliza o estudante.

 

Editor Executivo Responsável: Geraldo Passos

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.