Jornalista deixa Divinópolis; Pollyanna se despede do Jornal Agora


A jornalista Pollyanna Martins, uma das mais conceituadas profissionais de  Divinópolis, especialmente cobrindo política, através de um post em seu perfil no Facebook se despediu nesta última terça-feira (07), não apenas do Jornal Agora, empresa em que passou a trabalhar após o recente fechamento do Jornal Gazeta do Oeste, criado há 27 anos pelo saudoso Antônio Eustáquio Rodrigues, mas da cidade, já que vai respirar outros ares  – Pollyanna, usando a imagem de um gravador, a principal ferramenta de trabalho de um/a jornalista, falou sobre sua trajetória, através do pacto que fez, com um “cara” do bem (gravador);  sem se esquecer das agruras que faz parte da profissão, quando levou um dedo do mal, na “cara”.

“Ha quase cinco anos eu e esse “cara” aqui fizemos uma parceria, praticamente um pacto de sangue. Percorremos Divinópolis de canto a canto, e foi dessa parceria que nasceu a Maria do Bairro (Como eu amo). Nós dois escutamos todas as histórias. Das mais belas às mais tristes. Ganhamos até dedo na cara”

“Demos voz a quem estava esquecido pelo poder público. Escutamos todo tipo de gente, do Ministro da Saúde à dona Maria, que tinha esgoto escorrendo a céu aberto na porta de casa”

“Nós dois enfrentamos sol, chuva, poeira, choramos, rimos, nos emocionamos. Com certeza essa foi a melhor parceira que eu tive na vida. E é na certeza de ter dado o meu melhor que amanhã me despeço dele. Afinal, a vida é um eterno começar e encerrar de ciclos”

“Com o coração cheio de amor e gratidão começo a trilhar um novo caminho. Agradeço de coração à família Agora por ter me recebido com tanto amor. Esses cinco meses foram fantásticos. Obrigada Daniela Nery Faria Outubo por ter me recebido em sua equipe. Obrigada redação, Jorge Luiz Guimarães, Ricardo Welbert, Gisele Souto, Jose Carlos Oliveira e Flávio Roberto Pinto por todo ensinamento nesses meses. Que time do Vasco nós formamos”

“Obrigada a todos que fazem esse jornal acontecer por fazerem parte da minha história. Vocês, assim como aqueles que faziam o Gazeta são um pedaço de mim! É hora de recomeçar!”

Muitos comentários elogiosos foram postados, um de destaque foi do jornalista Ricardo Welbert que disse:

Ricardo Welbert O Vasco de Divinópolis fica desfalcado com sua saída. Durante essa curta temporada você marcou belos gols e também deu vários bons passes que contribuíram para importantes vitórias. E como todo bom jogador, claro, gerou polêmicas – mas em nenhuma delas esteve sem razão. Diferente de Neymar, nem os trancos mais brutos, maldosos e injustos fizeram você se jogar no chão, rolar e chorar. Com a janela de contratações aberta, o que não falta é time interessado em tê-la entre os titulares. Torço para que você siga sempre chegando com os dois pés no peito igual jogador do Vasco por onde quer que passe. Você tem talento e garra. Não há cara feia, dedo na cara e grito raivoso cheio de baba que seja capaz de te derrubar. Obrigado por tudo e boa sorte!

Veja outras manifestações de carinho  no Facebook da Jornalista, de outros profissionais e amigos.

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.