Vereador Cleitinho em represália, sugere diminuição no número de vereadores de Divinópolis de 17 para 7


O vereador Cleitinho Azevedo (PPS), o rei das redes sociais, com milhares de acessos em qualquer post que faça, não apenas em Minas, mas em todo Brasil, em uma parte do seu pronunciamento na sessão ordinária da última terça-feira (07), estava revoltando com o boicote que, segundo ele, estava sofrendo nos bastidores da Casa Legislativa – O fato é que, Cleitinho conseguiu a doação uma peça de um artista de Divinópolis que dá as boas-vindas para os visitantes, e teria ocorrido um evento que alguns empresários queriam levar a tal peça para um evento, e ainda conforme Cleitinho alguém que ele não revelou o nome, vetou que a peça fosse levada, por que a visibilidade iria para ele. Então o edil se revoltou com tal atitude, e explicitamente afirmou que em represália estaria propondo a diminuição do número de vereadores de 17 para 7, por que não precisa de tantos vereadores.”

Veja a transcrição

“…Teve gente aqui da Câmara dizendo Cleitinho não, não leva não, gente aqui da Câmara mesmo me boicotando. Não leva pra lá não, não leva. Então a gente fica sabendo de tudo, então estou só dando o recado. Então queria tocar na ferida. Já que tem gente querendo passar a rasteira em mim – Você sabe o que precisa nesta cidade e neste país? Vamos tocar na ferida! É uma reforma política. Você acha que precisa de 17 vereadores aqui? Eu queria perguntar a população, se precisava de 17 vereadores aqui na Câmara? Não precisa”

“Vocês estão vendo que a televisão está cortada? Hoje a reunião vai acabar mais cedo. Por que? Por que não tem circo para aparecer. Não tem televisão para aparecer”

“Já que vocês querem passar a rasteira em mim, eu vou começar a tocar na ferida. Por que não está tendo televisão, a reunião vai acabar quase quatro horas da tarde, que não tem televisão para falar”

Cleitinho disse ainda que uns trabalham, mas outros vereadores só comparecem na câmara na terça e quinta-feira (dias de sessão) para encher o saco, e que não fazem nada. Não sabem nem onde ficam os bairros direito.

 

 

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.