MOTIVO DAS AGRURAS DE DIVINÓPOLIS: Estado deixou de repassar R$ 72 milhões para município, confirma CONSEMS/MG


O Presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Minas Gerais (Consems/MG), Eduardo Luiz da Silva, confirmou nesta terça-feira (03/07), a evolução da dívida estadual com Divinópolis. O governo mineiro deixou de passar R$ 72 milhões de recursos referentes ao repasses para serem aplicados nas políticas públicas da saúde – O comunicado enviado ao Prefeito de Divinópolis, Galileu Machado, apresentou os valores devidos em dois períodos.  De acordo com o documento, até 31 de dezembro de 2017, a dívida do governo mineiro com Divinópolis somou R$ 56,1 milhões. Já neste ano, o estado deixou de repassar outros R$ 15,9 milhões. Com os dois períodos somados, o Governo de Minas Gerais tem uma dívida de R$ 72 milhões com o município. O valor se refere direto ao Fundo Municipal e aos serviços instalados no município.

“O Consems/MG acompanha a evolução da dívida estadual nos municípios desde junho de 2016, momento em que o atraso nos repasses dos recursos estaduais para a execução de políticas públicas de saúde em Minas Gerais se tornou progressivo. O montante da dívida atual compromete de forma significativa a prestação de serviços de saúde”, afirmou o presidente, em comunicado enviado ao prefeito de Divinópolis.

Os recursos devidos do Estado com todos os municípios mineiros são de R$ 3,9 bilhões, de acordo com os dados do Cosems/MG.  

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.