MDB, antigo PMDB decide que partido terá candidato próprio ao Governo de Minas Gerais; rompe com PT de Pimentel


Com o rompimento em 2016, do atual vice-governador de Minas, Antônio Andrade,  com o Governador Fernando Pimentel, o partido em prévias realizadas na manhã deste domingo (01), em Belo Horizonte, por maioria insofismável, 353 votos favoráveis e apenas 12 contrário, com um voto em branco, decidiu que a legenda não caminhará mais com a candidatura do PT de Fernando Pimentel – Os emedebistas tem atualmente e este número pode aumentar, três candidatos potenciais para disputar o Palácio da Liberdade, além do próprio Antônio Andrade, o pivô do rompimento, tem ainda o deputado federal Leonardo Quintão e o presidente da Câmara Legislativa de Minas Gerais, Adalclever Lopes – Porém o nome mais forte do partido é Antônio Andrade, que foi ovacionado por seus correligionários que usaram adesivos: “Minas no rumo certo com Antônio Andrade” – Já em pré-campanha diante dos prefeitura, Toninho, afirmou que em um governo emedebista os prefeitos não terão recursos de ICMS e IPVA retidos, e nem os servidores públicos terão atrasos em seus salários, por que os prefeitos do MDB pagam em dia os seus funcionários – Magoado o emedebista disse que não quer nenhuma aliança de nenhum tipo com o PT, nem como vice e que o apoio dado ao Governador em 2014 foi um erro. No encontro chegou a ser lida uma moção de repúdio a atual gestão de Fernando Pimentel.

 

4 comentários em “MDB, antigo PMDB decide que partido terá candidato próprio ao Governo de Minas Gerais; rompe com PT de Pimentel

  • 2 de maio de 2018 em 19:53
    Permalink

    Agora que eles viram a burrada que fizeram em 2014 ?

    Resposta
  • 2 de maio de 2018 em 15:51
    Permalink

    Não vejo prefeito do MDB pagando em dia não, pode até ser que tem alguns mas são minoria

    Resposta
  • 2 de maio de 2018 em 10:02
    Permalink

    a julgar pelo MDB de divinopolis estamos fritos DEUS NOS LIVRE a lenda viva traiu quase todos os filiados do MDB nunca mais quero saber desse partido e do PSDB

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.