Em Nota, Prefeitura diz que lei sancionada sobre nepotismo é matéria pacificada pelo STF; alegação contrária deve ser tratada com propósitos políticos ou escusos


Divinópolis, 13 de abril de 2018 – A Administração Municipal reafirma seu compromisso republicano e de total respeito à interdependência entre os Poderes. Assim, sobre a aprovação da lei de autoria da Câmara Municipal que adapta a legislação municipal a um entendimento legal em prática estabelecido pelo próprio Supremo Tribunal Federal (STF), destaca tratar-se de matéria já apreciada pelos vereadores e apresentada à sociedade por meio da imprensa. 

Qualquer tentativa de retomar e polemizar essa discussão apenas pelo fato de tal encaminhamento ter sido sancionado pelo prefeito, ato cotidiano para dar legalidade a qualquer lei, gera um entendimento errôneo dos fatos. Convictos de não ter sido essa a intenção com a veiculação da matéria por se tratar de um jornal respaldado pela sua história de seriedade, tal publicação acabou fomentando a utilização indevida do assunto por parte de pessoas com interesses não comprometidos com a verdade.

Como forma de restabelecer a realidade dos fatos e na esperança de que isso se dê de forma definitiva, é preciso destacar que o projeto sancionado, de autoria da Câmara Municipal, apenas ajusta a legislação municipal ao que já está definido pela instância máxima do Poder Judiciário brasileiro. Qualquer tentativa de alegar o contrário deve ser tratada como mera intenção de deturpar os fatos com propósitos políticos ou escusos.

Por fim, resta destacar que a Administração respeita os entendimentos e as convicções dos vereadores na apreciação dessa pauta, uma vez que eles agiram de forma legítima e de acordo com suas convicções, fazendo valer o que está previsto na Súmula Vinculante número 13, do STF.

3 comentários em “Em Nota, Prefeitura diz que lei sancionada sobre nepotismo é matéria pacificada pelo STF; alegação contrária deve ser tratada com propósitos políticos ou escusos

  • 15 de abril de 2018 em 09:48
    Permalink

    Agora povão que votou nesse Prefeito, vão lá ver quantos parentes dele e de seus parceiros políticos tão mamando nas TETAS da prefeitura, com os altos salários para pessoas até sem experiência, a exemplo do Desenvolvimento Social, vigiem eleitores agora, vigiem.

    Resposta
  • 14 de abril de 2018 em 13:44
    Permalink

    todo o divinopolitano sabe que esse prefeito traidor do proprio partido o PMDB sempre abusou na contratacao de parentes o que nos decepciona e esses vereadores nao barrarem essa lei e esses ausentes foram os grandes culpados por essa aprovacao absurda MEU DEUS ATE QUANDO SENHOR DEIXARAS ESSES POLITICOS LESGISLAR EM CAUSA PROPRIA

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

COMENTÁRIO SEM IDENTIFICAÇÃO DO FACEBOOK