Prefeito de Divinópolis, Galileu Machado, concede reajuste (gatilho) salarial de 3,94% para servidores


Conforme informações do SINTRAM, em reunião realizada na manhã desta sexta-feira (16), o prefeito Galileu Machado, assinou o decreto que concede o reajuste anual aos servidores públicos municipais de 3,94%, conforme a Lei do gatilho – O prefeito garantiu ainda que vai regularizar os pagamentos até o 5º dia útil, já a partir do mês de abril – Ainda de acordo com o sindicato da categoria, o valor do vale refeição voltará a ser discutido posteriormente, após a Câmara de Vereadores aprovar importantes projetos de reestruturação administrativa. 

Já o release enviado pela Diretoria de Comunicação da Prefeito diz que:

 

Prefeitura concede 3,94% de reajuste aos servidores

O Prefeito de Divinópolis, Galileu Machado, se reuniu na manhã desta sexta-feira (16/03), no Centro Administrativo, com os representantes do Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Divinópolis e Região Centro-Oeste de Minas Gerais (Sintram) e do Sindicato dos Trabalhadores da Educação Municipal do Município de Divinópolis (Sintemd). Galileu Machado confirmou reajuste imediato de 3,94% baseado no indicie da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais (Ipead).

Ainda sob os reflexos do gigantesco déficit herdado já no primeiro dia de governo, contabilmente nominado de “restos a pagar”, superior a R$ 50 milhões, além da indevida retenção por parte do Governo do Estado de 50% do valor arrecadado com IPVA, a Administração Municipal concederá o reajuste imediato de 3,94%. A rejeição do projeto de lei que previa o reajuste da planta imobiliária de valores impediu um reajuste maior.

O reajuste no vale-alimentação pleiteado, que se pretende de R$ 15, neste momento se mostra financeiramente impossível, mas a administração projeta uma recomposição justa o mais breve possível, tão logo sejam aprovados pela Câmara Municipal importantes projetos de reestruturação administrativa. A revisão da planta genérica de valores imobiliários e a recuperação de tributos incluídos em política de desoneração fiscal atualmente se mostram visivelmente faltantes para a construção de um projeto de valorização do quadro de servidores.

A secretária de Administração, Raquel de Freitas, a secretária de Fazenda, Suzana Xavier, o procurador-geral do município, Wendel de Oliveira Santos, e os representantes do Sintram e do Sintemd participaram do encontro.

 

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.