Consenso em Congresso do PPS fortalece aliança com Márcio Lacerda (PSB), Dinis Pinheiro (ainda sem partido) e Jaiminho Martins (PSD)


O resultado do Congresso do PPS que aconteceu neste sábado (10), no plenário da Assembleia Legislativa de Minas (ALMG), em que foram definidos os 51 nomes do Diretório Estadual e deles foram retirados os 17, que compõe a executiva do partido, e que por consenso, o nome de Alexandre da Silveira está praticamente eleito para ser o próximo presidente do Partido Popular Socialista, tendo como vice-presidente, o divinopolitano Fabiano Tolentino, ao lado de outros dois vice-presidentes, Antônio Jorge e Benoni – A eleição ocorrerá daqui a mais ou menos 20 dias – Com a vitória do grupo, se não acontecer  o que aconteceu no PP, em que o Diretório Estadual foi dissolvido, e puxaram o tapete de Dinis Pinheiro, é líquido e certo que o PPS, agora com a filiação do ex-Governador Alberto Pinto Coelho, oriundo também do PP, seguirá sua estratégia de se aliar ao PSB do pré-candidato ao Governo de Minas, Marcio Lacerda, já com Dinis Pinheiro, provavelmente filiado ao SOLIDARIEDADE, disputará uma cadeira no Senado, e Jaiminho Martins (PSD) poderá ser  vice de Lacerda. – O Solidariedade, segundo o vereador Eduardo Print Junior, que pertence a Executiva Estadual, a decisão sobre Dinis Pinheiro, deverá ser em um café que está agendado para o dia 22 de março, após a reunião que ocorrerá da legenda, no dia 12 de março com o objetivo de definir rumos para as eleições de outubro. 

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.