DIVINÓPOLIS: Galileu assina convenio para tratar esgoto do Bairro Copacabana


O Prefeito de Divinópolis, Galileu Machado, assinou na tarde desta quinta-feira (11), um convênio com a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) para a implantação de tratamento de esgoto no Bairro Copacabana. O investimento será de aproximadamente R$ 400 mil e a projeção é entregar a obra no final do primeiro semestre deste ano – O contrato foi assinado no gabinete do prefeito no Centro Administrativo. O Superintendente de operações da Copasa, João Martins de Resende, também assinou o convênio.

De acordo com o documento, a prefeitura ficará responsável por licitar a obra nos próximos meses e a projeção é que em junho a obra de tratamento de esgoto esteja concluída.

Desde o começo do ano passado, a prefeitura negocia com a Copasa a implantação do tratamento de esgoto do bairro. Em março do ano passado, o prefeito visitou o bairro para definir os detalhes da obra e conhecer de perto o problema.

“Estamos resolvendo uma situação de quase cinco anos. Fizemos o contato com a Copasa para solucionar essa situação dos moradores. Agora foi mais um passo e esperamos em breve resolver a situação do bairro”, afirmou. O Residencial Copacabana têm 498 casas e foi inaugurado em novembro de 2012.

 

7 comentários em “DIVINÓPOLIS: Galileu assina convenio para tratar esgoto do Bairro Copacabana

  • 14 de janeiro de 2018 em 16:26
    Permalink

    GALILEU TRAIDOR DOS FILIADOS DO PMDB

    Resposta
  • 13 de janeiro de 2018 em 21:18
    Permalink

    Pode ver agora, irá arrastar por décadas o esgoto do bairro Copacabana, a Copasa assinou contrato que ninguém sabe o que lá esta escrito né.
    O outro prefeito assinou e vimos o que deu esse esgoto da Copasa – CPI, e falando dela cadê os vereadores para fiscalizar isso agora.

    Resposta
  • 12 de janeiro de 2018 em 10:41
    Permalink

    Galileu a Ponte do ligando o Aeroporto ao bairro Belvedere
    Fica pronto quando?

    Resposta
    • 15 de janeiro de 2018 em 09:07
      Permalink

      Essa ponte não é necessária. Ainda mais com tantos problemas mais urgentes a serem resolvidos na cidade.

      Resposta
  • 11 de janeiro de 2018 em 21:24
    Permalink

    MEU DEUS, OS MORADORES VÃO PAGAR AGORA EM SUAS CONTAS OS 90% DE ESGOTO NÃO TRATADO.
    SÓ MESMO ESSE GALILEU PRA NÃO AJUDAR A POPULAÇÃO.
    PODEM VIGIAR AS SUAS CONTAS DA COPASA.

    Resposta
    • 12 de janeiro de 2018 em 22:41
      Permalink

      Eeee vontade de menosprezar o bom serviço do prefeito Galileu. Resolvendo um problema que se arrastava por anos.

      Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.