Prefeitura revela que Divinópolis está em situação de epidemia de dengue


Em entrevista coletiva realizada nesta terça-feira (09), nas dependências da Secretaria Municipal de Saúde (SEMUSA), a diretora de Vigilância em Saúde, Janice de Oliveira Soares, anunciou que a situação de Divinópolis é extremamente crítica, já que o índice LIRAa (Levantamento Rápido do índice de Infestação por Aedes aegypti) do município está em 6,5%. Quando o índice preconizado pelo Ministério da Saúde, para caracterizar um alto risco é acima de 4%. Portanto, o LIRA do município está 2,5% acima – Janice revelou que existem regiões em que este índice chega a 13%, e ressalta que: “se tivermos a circulação do vírus, que seja dengue, zika ou chikungunya, o risco de epidemia é muito grande, porque nossa infestação do aedes está acima do preconizado” – Ainda conforme a diretora, a região mais afetada é a Nordeste em que estão localizados os Bairros Niterói e Manoel Valinhas. Os maiores focos segundo Janice estão dentro das próprias residências.

 

 

4 comentários em “Prefeitura revela que Divinópolis está em situação de epidemia de dengue

  • 11 de janeiro de 2018 em 07:23
    Permalink

    gente esse prefeito traidor nao consegue adiministrar a cidade nao ele e tao fraco que nem nomear assessores competentes ele conseque

    Resposta
  • 10 de janeiro de 2018 em 09:53
    Permalink

    Est cidade não tem administração, como nunca teve, porque?o povo volta ao passado….não investe no novo. E enquanto a arrogância, a ilusão por função temporária ainda for o marco administrativo isso só dá este tipo de resultado vergonhoso. O que chama atenção é que pouco jovens trabalha ali e o prefeito aposta mais em mulher do que homem cargos comissionados será porque somos mais sensíveis e obedientes??????????

    Resposta
  • 9 de janeiro de 2018 em 16:36
    Permalink

    Falou aos jornalistas presentes na coletiva perguntarem onde estão os drones adquiridos pela prefeitura para combater o mosquito da dengue. É isso aí. A prefeitura acaba de adquirir cinco drones, no valor de R$ 30 mil. Segundo o edital licitatório, os equipamentos vão combater a dengue. Fica a pergunta: como esses drones serão utilizados para caçar mosquitos? Eles vão transportar armadilhas para capturar os aedes? Cadê os drones gente………

    Resposta
  • 9 de janeiro de 2018 em 15:06
    Permalink

    Muito conveniente a secretaria Municipal de Saúde decretar epidemia de dengue na cidade depois das denúncias dos servidores municipais de irregularidades na aplicação do dinheiro público com atrasos nos salários de dezembro que não foram pagos e remanejamento de servidores e trocas de chefias e locais de atendimento médico e fisioterapia junto com o atendimento dentário.cabe lembrar que no governo WLADMIR tal procedimento também foi usado ilegalmente para esconder DENÚNCIAS muito parecidas com os decretos de calamidade pública na prefeitura recentemente usados pelo prefeito GALILEU para driblar o Ministério Público.cabe uma investigação apurada sobre essas questões para evitar suspeitas de manipulação de dados sobre a real situação financeira da secretaria Municipal de Saúde e da Prefeitura Municipal.falando nisso cadê a CÂMARA MUNICIPAL e nossos nobres vereadores que ainda não se manifestaram sobre essa situação que começou ainda em 2017?????

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.