Delegada da PC de Divinópolis em carta precatória solicita auxilio da Polinter/GO em busca de criança; pai é ameaçado de linchamento em Goiás


O intrincado e conturbado caso de uma criança de 5 anos, que supostamente teria sido sequestrada pelo próprio pai em um supermercado de Divinópolis, na última terça-feira (02) e levada, segundo a mãe, forçadamente para Goiânia, a cada dia tem um capitulo diferente com novas informações – O Divinews esteve nesta sexta-feira na casa de uma amiga de Tatiana Soares Cardoso, 32 anos, mãe da menor T.V.C.N e a entrevistou, ocasião em que ela explicou a sua versão dos fatos, exibindo alguns documentos.

Entre os documentos está a cópia da carta precatória em que a Delgada da Policia Civil, da Delegacia Especial de Orientação e Proteção a Família, Gorete Rios, pede que o Delegado Titular da Divisão de Polícia Interestadual (POLINTER) de Goiás, intervenção policial na busca da criança, ao mesmo tempo interrogue o pai, Saulo da Silva Noronha, que na versão da mãe, enquanto ela fazia compras ele raptou a filha e a levou para Goiânia; e na versão do pai, os dois duelando pela posse da filha através do Facebook, ele em vídeo disse que simplesmente tirou a criança de uma situação de risco, e a resgatou, alegando ainda que diante da justiça tem direito a ficar com ela por 15 dias em período de férias, e que estava sendo privado de tal convívio – Ao Divinews a Delegada Maria Gorete Rios, confirmou o envio da Carta Precatória para a POLINTER.  E que vai aguardar a devolução do pedido feito.

Enquanto os dois brigam publicamente através de redes sociais, a criança fica no meio, sendo exposta e tendo o seu nome indexado eternamente pelo Google. Tatiana após a entrevista para o Divinews, retirou um dos seus perfis no Facebook do ar, porém deixou outro.

Tatiana em entrevista para o Divinews, afirmou ter terminado o relacionamento com Saulo, em consequência de agressões físicas que sofreu, tanto ela quanto a criança, por esse motivo teriam vindo parar Divinópolis. Contudo, contra ela pesa alguns relacionamentos conturbados, que chegaram a colocá-la em situação de rua, ou seja não tinha onde morar com a filha, e em determinado momento a filha foi para o abrigo, “Mãe Perpetuo Socorro”, que posteriormente foi fechado pela Vigilância em Saúde, que conforme seu relato, teria sido em consequência de sua denúncia contra o abrigo.

A mãe (Tatiana), chega a acusar o pai da criança em ter enviado para ela (criança) uma imagem dele seminu – No momento da entrevista, na sala da pequena casa em que Tatiana está morando de favor, estava uma mala com as roupas e pertences dela e da filha, e buscava obter recursos financeiros para a viagem que pretende fazer para, segundo ela, buscar a filha

Em consequência da repercussão do caso, a madrasta da menor, também através de Facebook, pede socorro, por que populares querem linchar Saulo. Veja o texto: PESSOAL Nos ajudem a compartilhar! Pai e família correm risco de morte por populares por falsa denúncia de sequestro. Este é meu esposo que me ajuda a cuidar dos meus filhos e estava sofrendo por saber o que a filha estava passando ele é um homem honesto, trabalhador um homem de Deus que só que dá o melhor para filha ensina – lá o que é respeito, dignidade os princípios corretos vou ajuda-lo no que for preciso e cuidar da thalita com todo amor e carinho do mundo. A mãe dela e uma pessoa doente e precisa de tratamento psicológico”

Imagem: Tatiana Soares Cardoso (mãe da criança) – Entrevistada pelo Divinews

 

6 comentários em “Delegada da PC de Divinópolis em carta precatória solicita auxilio da Polinter/GO em busca de criança; pai é ameaçado de linchamento em Goiás

  • 30 de janeiro de 2018 em 01:19
    Permalink

    Eu conheço ela, assim que eles se separaram ela fez esse mesmo rebuliço, essa mulher não é normal da cabeça, e a Thalita vive jogada, e todo lugar que ela vai morar ela diz que foi roubada que tentaram empurra a porta da casa etc. Essa mulher não tem condição de criar uma criança.

    Resposta
  • 8 de janeiro de 2018 em 21:13
    Permalink

    Eu fico com pena e dessa criança.. Essa mulher arruma encrenca e intriga por onde ela passa.

    Resposta
  • 8 de janeiro de 2018 em 14:25
    Permalink

    E só negar dinheiro a ela que vcs do jornal tbem serão processados por ela

    Resposta
    • 8 de janeiro de 2018 em 21:09
      Permalink

      Eu conheco essa mulher.. Fui ate na delegacia uma vez prestar depoimento. Ela e a filha foram expulsas de um hotel. A menina tava toda suja.. Dormia no banco da delegacia. Eu nao acho que essa mulher seja capaz de cuidar da filha.

      Resposta
  • 6 de janeiro de 2018 em 14:02
    Permalink

    Quem vê a carinha de coitada fica com dó. Tinha que ser divulgado o que ela já fez por esse Brasil.
    Divinópolis…. Araguaína… Goiânia…. Goianira… E por aí vai. Não conheço o pai…. mas a Tatiana conheço muito bem.
    Está querendo comover as pessoas com uma história que não existe.

    Resposta
  • 6 de janeiro de 2018 em 12:06
    Permalink

    Pessoas mentem com muita facilidade! Tomem cuidado pq essa mulher engana!

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.