OCORRÊNCIA TRUNCADA: Policial Militar atira em homem na Praça São Sebastião, em Divinópolis, e desaparece


NOTA OFICIAL DA PM: Em 10/12/2017, a Polícia Militar, após denúncia feita no COPOM, por volta de 04h51min, compareceu à rua Sete de Setembro 439, na Praça São Sebastião no Bairro Afonso Pena, onde havia um indivíduo caído ao solo. Segundo relato o indivíduo, havia sido alvejado por disparos de arma de fogo. Militares, ao chegarem ao local, confirmaram que havia um homem do sexo masculino, de 22 anos, caído ao solo, ao lado de uma motocicleta. Logo após, compareceu uma unidade do Resgate do CBMMG, sendo auxiliada por uma unidade do SAMU, que fizeram os primeiros procedimentos no local, sendo em seguida conduzido até o Hospital São João de Deus – No hospital, foi constatado pelo médico que a vítima havia sido alvejada por um tiro na cabeça e outro no joelho direito, permanecendo até o momento em estado de saúde grave – Segundo relato de testemunhas, a vítima foi alvejada por um homem, que estava armado e que possivelmente seria um policial militar. Ainda segundo as testemunhas, o referido homem, logo após o tiro, solicitou que as testemunhas acionassem o Regaste/Samu para o socorro à vítima, não permanecendo, porém, no local até a chegada da PM. Após diligências pelos militares, foi confirmado que o autor se trata de um policial militar da ativa, contudo até o presente momento não foi localizado – Os militares permanecem em diligências para a localização do citado militar e esclarecimento do ocorrido, junto à Polícia Judiciária – Considerando as informações ainda prematuras, não serão fornecidas informações da vítima e nem do autor. A vítima, a princípio, não tem passagens policiais – Assessoria de Comunicação Organizacional do 23ºBPM.

ATUALIZAÇÃO:

SAMU

Segundo informações do SAMU, o atendimento da vítima foi bem rápido, a unidade móvel no local, e removeu para a sala vermelha. Que a vitima não possui identificação e segundo o médico regulador ela permanece em estado grave. Quando chegou foi encaminhada para a neurocirurgia, passou por um procedimento cirurgico e depois foi encaminhada para o C.T.I, em estado grave. O Samu finalizou reafirmando que o atendimento foi muito rápido e dizendo que o paciente foi encaminhado para o hospital sem identificação.

OCORRÊNCIA TRUNCADA

O porquê da manchete, “Ocorrência Truncada”? Inicialmente as redes sociais divulgaram que um policial teria presenciado um assalto, ou tentativa de assalto na Praça São Sebastião e de sua janela teria atirado acertando o suposto assaltante que teria sido conduzido pela UPA, mas que pelo seu estado provavelmente não resistiria.

Posteriormente foi divulgado que o militar teria sim atirado, ,mas acertado uma das suposta vítima, já que existia um grupo de jovens na praça, ao invés do suposto autor do suposto assalto ou tentativa de assalto.

Depois de algum tempo, oficialmente a Policia Militar confirmou a existência da ocorrência, porém não detalhou as circunstâncias em que eles ocorreram.

O paciente ser atendido pelo Samu e ser encaminhado para a sala vermelha do HSJD, sem ser identificado.


O Divinews chegou a publicar a noticia abaixo. Contudo, como não se confirmou e existia uma inversão. Foi retirada do site e os post do Facebook foram apagados

BANDIDO SE DÁ MAL: não olha pra cima, e é fuzilado no momento do assalto

Segundo informações já confirmadas parcialmente pela PM (a existência da ocorrência e não os detalhes), um assaltante, que estaria em uma motocicleta ao tentar assaltar um grupo de jovens que estavam na Praça São Sebastião, no Bairro São Sebastião, com o objetivo de levar seus celulares. Ele não contava que estava sendo observado por um militar que mora em um prédio próximo e com visibilidade da Praça, que ao perceber a ação do bandido, teria efetuado vários disparos o acertando. Ele teria ainda sido socorrido com vida. Porém, não sobreviveu – As equipes da PM ainda estão em diligências. Ocorrência em andamento. Em breve esta notícia será atualizada com informações oficiais da PM.

 

4 comentários em “OCORRÊNCIA TRUNCADA: Policial Militar atira em homem na Praça São Sebastião, em Divinópolis, e desaparece

  • 11 de dezembro de 2017 em 01:23
    Permalink

    Tirar a vida de um pai de família trabalhador e sair como Polícia herói e ainda por cima depois da merda feita falar que era doida brincadeira viu. Se ele não tem condições psicológicas pra trabalhar pq o estado não o afastou?? Pobre Samuel que tem uma família e filha pequena pra criar, tem que haver justiça!! Deus tenha misericórdia e não deixa ele partir.

    Resposta
  • 10 de dezembro de 2017 em 23:34
    Permalink

    Normal. Toda notícia tem 2 ou mais versões…

    Resposta
  • 10 de dezembro de 2017 em 15:17
    Permalink

    Que furada em Geraldo!
    O apressado come crú.
    Não busca se informar corretamente, escuta o primeiro aloprado que encontra e pode ter cometido uma covardia com um inocente via impressa.
    Pobre podre imprensa.

    Resposta
    • 10 de dezembro de 2017 em 22:35
      Permalink

      Quem trabalha erra. Se o grande JN da Globo, vive cometendo erros, pelo menos uns dois por semana. Não será o Divinews que não vai errar. O importante é consertar. Não cometemos nenhuma covardia com inocente. Você não deve ter lido direito, nada.

      Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

COMENTÁRIO SEM IDENTIFICAÇÃO DO FACEBOOK