MP quer que ex-vice-prefeito de Divinópolis, Chiquinho e Âmar Pereira Souki devolvam R$ 35 milhões aos cofres públicos


Na ação proposta pelo Ministério Público, além de outras penas, é pedida a perda da quantia ilicitamente acrescida sem origem lícita Por José Francisco Martins, no importe R$ 11.833.747,17, além da aplicação de multa a ambos, no importe de 3 (três) vezes o aludido valor, que atinge o montante de R$ 35.501.241,51.

A Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público da Comarca de Divinópolis/MG, em cooperação com o Grupo Especial de Promotores de Justiça de Defesa do Patrimônio Público – GEPP, propôs ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra José Francisco Martins, ex-Vice-Prefeito do Município de Divinópolis/MG e Âmar Pereira Souki, por enriquecimento ilícito.

Na ação, além de outras penas, o Ministério Público pede a perda da quantia ilicitamente acrescida sem origem lícita Por José Francisco Martins, no importe R$ 11.833.747,17, além da aplicação de multa a ambos, no importe de 3 (três) vezes o aludido valor, que atinge o montante de R$ 35.501.241,51.

Por esses mesmos fatos, José Francisco Martins e A.P.S pela prática dos crimes previstos no artigo 297 do Código Penal, por quatro e duas vezes, respectivamente, em concurso material, e por 82 (oitenta e duas) vezes em continuidade delitiva.

Ambos os processos tramitarão em sigilo.

O Divinews conversou com o ex-vice-prefeito Francisco Martins, ainda no último sábado (02), quando ele afirmou que, será uma excelente oportunidade de esclarecer os fatos para a Justiça.

 

17 comentários em “MP quer que ex-vice-prefeito de Divinópolis, Chiquinho e Âmar Pereira Souki devolvam R$ 35 milhões aos cofres públicos

  • 7 de dezembro de 2017 em 11:28
    Permalink

    É mais fácil o sargento Garcia prender o zorro do que esse dinheiro ser devolvido! kkkkk

    Resposta
  • 6 de dezembro de 2017 em 19:18
    Permalink

    Vamos verificar minha casa minha vida!! É serio

    Resposta
  • 6 de dezembro de 2017 em 08:10
    Permalink

    Que negócio é esse do processo tramitar em Sigilo.?
    Sigilo para proteger quem?

    Resposta
  • 6 de dezembro de 2017 em 06:37
    Permalink

    AQUI SE FAZ AQUI SE PAGA
    ALÉM DELES DEVOLVER O DINHEIRO ROUBADO, A JUSTIÇA PODERIA COLOCAR ELES ATRÁS DAS GRADES POR UM BOM TEMPO E SERÁ QUE O NOME DO WLADMIR AZEVEDO VAI SER MENCIONADO ACUSADO DE DESVIAR ALGUMAS MOEDINHAS.

    Resposta
  • 5 de dezembro de 2017 em 22:18
    Permalink

    Parabéns MP, procura que tem muito caroço nesse angu.

    Além dele ter que devolver para os cofres públicos, deveria indenizar todas as famílias que ele prejudicou indiretamente, como as dezenas de famílias que compraram as casas dos seus loteamentos, totalmente sem estrutura.

    Resposta
  • 5 de dezembro de 2017 em 21:19
    Permalink

    1 litro de gasolina, 4,05 , você anda 12 km, ida e volta ao centro de Divinópolis. Fica mais barato que ir de ônibus a 3,90 digo 7,80 , cadê o conceito de transporte público??.. o lance que cobra bairro a bairro, so funciona para os sócios/laranjas da trancid. Um dia a casa cai, mas até lá vamos enriquecer muita gente,sem direito a ser ressarcido, quem viver, verá.

    Resposta
  • 5 de dezembro de 2017 em 17:52
    Permalink

    Parabéns ao Ministério Publico defendendo o Direito do cidadão que ja está tão lesado

    Resposta
  • 5 de dezembro de 2017 em 17:49
    Permalink

    Vamos prestar atenção nessas construções populares minha casa minha vida tem muitos ficando milionários !!

    Resposta
  • 5 de dezembro de 2017 em 16:37
    Permalink

    Todos sabem que é um bandido. Quero ver se devolve ou vai preso. É mais facil os donos dos comentarios ir do que esses bandidos.

    Resposta
  • 5 de dezembro de 2017 em 14:51
    Permalink

    Tem que pegar esses ladrões da cidade e esfolar o rabo deles

    Resposta
  • 5 de dezembro de 2017 em 07:32
    Permalink

    Parabéns MP e Polícia Federal …

    Resposta
  • 4 de dezembro de 2017 em 18:45
    Permalink

    Esse é outro corrupto que ajudou a afundar Divinópolis, junto do sócio da COPASA Vladimir.

    Resposta
  • 4 de dezembro de 2017 em 17:23
    Permalink

    E os 80 lotes no prolongamento walchir Resende ……

    Resposta
  • 4 de dezembro de 2017 em 16:36
    Permalink

    se provar inocencia bom mas se nao provar ta pego

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.