EXCLUSIVO: Ministério Público denuncia ex-vice-prefeito de Divinópolis, José Francisco Martins (Chiquinho) por suposto ato de improbidade administrativa


A Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público da Comarca de Divinópolis/MG, em cooperação com o Grupo Especial de Promotores de Justiça de Defesa do Patrimônio Público – GEPP, propôs ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra José Francisco Martins, ex-Vice-Prefeito do Município de Divinópolis/MG e Âmar Pereira Souki, por enriquecimento ilícito.

Na ação, além de outras penas, o Ministério Público pede a perda da quantia ilicitamente acrescida sem origem lícita Por José Francisco Martins, no importe R$ 11.833.747,17, além da aplicação de multa a ambos, no importe de 3 (três) vezes o aludido valor, que atinge o montante de R$ 35.501.241,51.

Por esses mesmos fatos, José Francisco Martins e Âmar Pereira Souki foram denunciados pela prática dos crimes previstos no artigo 297 do Código Penal, por quatro e duas vezes, respectivamente, em concurso material, e por 82 (oitenta e duas) vezes em continuidade delitiva.

Ambos os processos tramitarão em sigilo.

O Divinews conversou com o ex-vice-prefeito, José Francisco Martins, ainda no sábado (02). Segundo  Chiquinho, será uma oportunidade que ele esclareça os fatos para a Justiça.

 

6 comentários em “EXCLUSIVO: Ministério Público denuncia ex-vice-prefeito de Divinópolis, José Francisco Martins (Chiquinho) por suposto ato de improbidade administrativa

  • 9 de dezembro de 2017 em 20:29
    Permalink

    Lamentável , explicar o quê, e o pior de tudo que ele fez isso sozinho, ninguém sabe é ninguém ou ouviu falar, e os Vereadores da Época, não desconfiaram, não denunciaram… Todo mundo batendo palmas na época… Somos chamados de idiotas na cara … Justiça no Brasil, sabe o que vai acontecer… Nada Nada e Nada

    Resposta
  • 8 de dezembro de 2017 em 22:26
    Permalink

    O ministério público tem que atuar no passado e antes de acontecer, pois estamos sofrendo com os mais tratos na saúde, educação, infraestrutura e policial, a prevenção é melhorar que a correção.

    Resposta
  • 5 de dezembro de 2017 em 19:11
    Permalink

    FALTOU O EX-PREFEITO WLADMIR DO QUAL O FRANCISCO MARTNS ERA VICEPREFEITO.SALVO ENGANO WLADMIR RESPONDE A PELO MENOS 11 PROCESSOS POR IRREGULARIDADES FINANCEIRAS DURNTE SEUS 8 ANOS DE MANDATO NA PREFEITURA.JÁ QUE PAU QUE BATE EM CHICO TAMBÉM BATE EM FRANCISCO VAMOS VER SE UMA DELAÇÃO PREMIADA OU UMA ACAREAÇÃO ENTRE OS 2 AJUDE O MINISTÉRIO PÚBLICO A DESCOBRIR MAIS FALCATRUAS DURANTE A GESTÃO DOS CITADOS NA PREFEITURA MUNICIPAL NOS PRIMEIROS 4 ANOS DE MANDATO DO EX-PREFEITO WLADMIR.PARABÉNS AO MINISTÉRIO PÚBLICO E VAMOS PRA FRENTE QUE VÃO APARECER MAIS DENÚNCIAS SOBRE O FAMOSO LOTEAMENTO DO CHIQUINHO MARTINS NA ÉPOCA QUE EXERCIA O CARGO DE VICEPREFEITO JUNTO COM O WLADMIR .

    Resposta
  • 4 de dezembro de 2017 em 21:54
    Permalink

    Este cidadão nunca ” me desceu bem” Arrogante e falso! Tipo também ” comendo pelas beiradas”,como estou vendo agora.

    Resposta
  • 4 de dezembro de 2017 em 21:53
    Permalink

    Este cidadão nunca ” me desceu bem” Arrogante e falso! Tipo também ” comendo pelas beiradas”,como estou vendo agora.

    Resposta
  • 4 de dezembro de 2017 em 15:00
    Permalink

    Agora sim, estamos começando a acreditar no Brasil de justiça de boas maneiras de bom exemplo. Parabéns a autoridade judiciaria

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.