Médicos da UPA DIVINÓPOLIS, sem pagamento adotam OPERAÇÃO TARTARUGA; forçadamente retorna à sua vocação de atendimentos de urgências e emergências


A Diretoria de Comunicação confirmou para o Divinews que a verba federal que o município estava esperando ser depositado, não o foi; por isso diante do não pagamento dos salários dos médicos que trabalham na UPA, conforme o comunicado assinado pelo médico Rodolfo Monteiro Barbosa, diretor clinico da UPA, endereçado ao secretário Municipal de Saúde, Rogério Barbieri Sichieri, e a diretora de Urgência e Emergência da UPA, Cristiane Silva Joaquim, a UPA Padre Roberto a partir desta terça-feira (14), as 7 horas, entrará em um regime de atendimento somente dos pacientes classificados pelo protocolo de Manchester com as cores vermelha e laranja, que caracteriza, na verdade “operação tartaruga”, contudo, retorna à vocação inicial da concepção da unidade de pronto atendimento, que não é o atendimento para dor de cabeça, dor no pé, enxaqueca, e sim as urgências e emergências, de alta complexidade. 

O oficio enfiado diz:

Conforme pactuado em reunião com V.Sa e ratificado pelo Corpo Clinico  da UPA em assembleia realizada no dia 7/11/2017, nos sensibilizamos com as justificativa apresentadas pela Prefeitura e demos o prazo solicitado pela administração municipal para que houvesse o cumprimento das obrigações financeiras com o corpo clinico da UPA Padre Roberto. Infelizmente foi nos informado que hoje (segunda-feira-13) que não será realizado o pagamento. Dessa forma, vimos por meio deste informar que, cumprindo o que foi deliberado na assembleia do corpo clinico, a partir das 7 horas do dia 14, só serão atendidos na UPA Padre Roberto, os casos classificados pelo protocolo de Manchester como vermelho e laranja.

Informamos ainda que estamos encaminhando uma copia deste oficio a Mesa Diretora da Santa Casa de Formiga  (responsável pela gestão compartilhada), ao CRM e ao Ministério Público para as devidas providencias. Lamentamos que a situação de desrespeito e a falta de cumprimento dos acordos estabelecidos tenha chegado a este ponto. Retornaremos nossas atividades normais, assim que for realizado todo o pagamento dos valores em atraso.

 

 

 

 

2 comentários em “Médicos da UPA DIVINÓPOLIS, sem pagamento adotam OPERAÇÃO TARTARUGA; forçadamente retorna à sua vocação de atendimentos de urgências e emergências

  • 14 de novembro de 2017 em 13:00
    Permalink

    Infelizmente a má administração torna caótico o atendimento público.
    Tendo ou não plano de saúde nossa defesa tem que ser pelo SUS.
    A dívida dos planos privados p com o SUS é imensa.
    Deviam pagar

    Resposta
  • 14 de novembro de 2017 em 09:44
    Permalink

    Eta Divinópolis, aprendam a votar, kkk, eu quero que essa cidade se exploda, tenho plano de saude e não votei nesse prefeitinho caduco que não save administrar nada, kkk, a lenda voltou, toma povo burro, aprendam a votar.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.