Equipe do SAMU faz parto de alto risco em adolescente que não sabia estar grávida


Conforme informações da Assessoria de Comunicação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), uma equipe da Unidade de Suporte Avançado (USA) realizou nesta terça-feira (7), uma transferência inter-hospitalar de um bebê prematuro de alto risco, que nasceu em Pitangui. A mãe não sabia que estava grávida, como informou a equipe da Unidade de saúde – A adolescente de 17 anos deu à luz na Santa Casa de Misericórdia de Pitangui. Ela estava na 33ª semana de gestação e procurou o hospital se queixando de um sangramento. Ao examiná-la o médico de plantão detectou a gravidez e imediatamente a encaminhou para o serviço de obstetrícia.

A equipe do hospital informou que ela disse que não sabia que esperava um bebê e, que, portanto, não fez o pré-natal. A adolescente foi liberada e mais tarde, durante a noite, voltou à Santa Casa já em trabalho de parto. Ela teve o bebê na unidade e por conta de complicações o recém-nascido precisou ser transferido pelo SAMU, do município para o Hospital Metropolitano Odilon Behrens em Belo Horizonte, onde foi encontrada vaga em uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Neonatal.

“A transferência inter-hospitalar foi delicada e de alto risco. O bebê foi levado em uma incubadora na ambulância que andava bem devagar, 50 km/h para que não ocorresse nenhum baque que desestabilizasse o recém-nascido. Ao final acabou tudo bem”, destacou o médico do SAMU, Rodolfo Monteiro.

 

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.