DESOBEDIÊNCIA CIVIL: trator derruba cerca de terreno em disputa judicial entre Fausto, Walid e Wilson


Dois terrenos localizados na Avenida Divino Espirito Santo, quase esquina com a Avenida Sete de Setembro, em frente ao Posto Ipiranga, no Centro, que tem sido alvo de disputa entre três proprietários, Fausto Barros Filho, Walid Kamache de Oliveira e Wilson de Sousa Santos, neste último domingo (05), mais uma vez à revelia da decisão do Juiz Fernando Fulgêncio Felissíssimo, da 2ª Vara Cível, de que o local não sofra nenhuma alteração ou interferência até que o processo seja decidido, foi novamente invadido por um trator que, novamente jogou no chão uma cerca, construída por Wilson – Há alguns meses o mesmo local foi invadido por um outro trator, à mando de Fausto Barros que derrubou o início de uma construção que na ocasião estava sendo feita por Walid, que chamou a polícia para fazer um BO contra o ex-assessor do Prefeito Galileu Machado –  Naquela data, segundo Walid Fausto teria dito que “quantas vezes fosse iniciada uma construção no local, ele iria lá e derrubaria novamente”. Porém, no domingo, não houve registro de imagens no momento em que o trator à revelia da decisão judicial derrubou a cerca, que também não deveria ter sido construída por Wilson.  

Um comentário em “DESOBEDIÊNCIA CIVIL: trator derruba cerca de terreno em disputa judicial entre Fausto, Walid e Wilson

  • 8 de novembro de 2017 em 07:52
    Permalink

    Bom dia. Essa é a moral, a credibilidade que o sistema judiciário tem. Nenhuma, pois os que desrespeitam a lei, é envolvido em falcatruas, atos ilícitos, corrupção é quem manda.
    Está aí a prova, com essa matéria. E o que vai acontecer com os autores do desrespeito ? Nada, nada, nada.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.