DIVINÓPOLIS: Usuária de droga salva professora que deixou carro cair em córrego poluído


Segundo informações que está circulando no grupo de WhatsApp “Manchetes e Noticias”, uma professora do CMEI Nossa Senhora das Graças ao manobrar o seu veículo, perdeu o controle e o carro foi parar dentro de um córrego. O inusitado, além da manobra que segundo populares, a professora teria tirado a carteira de motorista recentemente e ao dar ré, não contou o veículo corretamente, foi que se não fosse a pronta intervenção, conforme relato no grupo, de uma usuária de drogas que estava no local, também segundo versão de populares, a professora poderia ter morrido, isso por que o carro ficou com as rodas para o ar, e ela já estaria se afogando, quando a suposta usuário pulou no fétido córrego, retirando a professora do carro. Ainda conforme informações do grupo, a vítima, a professora seria parente do vereador Adair Otaviano, presidente da Câmara de Divinópolis. 

Versão oficial SAMU:

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) atendeu uma mulher de 43 anos, vítima de acidente de trânsito, ocorrido na tarde desta segunda-feira (6), no Bairro Nossa Senhora das Graças próximo ao Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) em Divinópolis.

A motorista perdeu o controle da direção e caiu com o carro dentro de um córrego que passa pelo trecho – De acordo com a equipe da Unidade de Suporte Avançado (USA), que foi empenhada para o local, a vítima já havia sido retirada de dentro do veículo por uma mulher, que presenciou o acidente – “O veículo da paciente ficou submerso e ela foi retirada de dentro da água por uma mulher. O local onde ela estava era de difícil acesso, tivemos que descer rapidamente por um barranco com as mochilas de atendimento e a prancha”, disse o condutor socorrista, Noé Silva

A vítima foi atendida em um banco de areia, ainda dentro do córrego, pelo médico Gabriel Farnese e pelo enfermeiro Arlindo Ribeiro. “Ela não apresentava fraturas e ferimentos, entretanto, estava hipotérmica e por ter ingerido água do córrego estava em princípio de afogamento”, disse o enfermeiro – A mulher foi imobilizada conforme o protocolo de atendimentos do SAMU e levada para o Hospital Santa Lúcia em Divinópolis.

Nota Divinews:  Citamos a pessoa que salvou a professora como “usuária”, como foi falado no grupo. Com o único objetivo que tomemos consciência quem de fato nós somos, NADA! É por uma ação dela,  é que a professora foi salva e está viva. Muitos que estavam no local, conforme relatos, não tiveram coragem de entrar no poluído e fétido córrego.

 

16 comentários em “DIVINÓPOLIS: Usuária de droga salva professora que deixou carro cair em córrego poluído

  • 10 de novembro de 2017 em 03:04
    Permalink

    Parabéns para essa moça que ajudou a professora um ser humano que Jesus Cristo derrama chuvas de bênçãos sobre sua vida ela salvou uma vida ninguém pode julgar ninguém Deus no controle bom dia

    Resposta
  • 8 de novembro de 2017 em 08:52
    Permalink

    No campo das possibilidades na sociedade, pessoas marginalizadas podem até ter menos chances, até mesmo pela “auto-sabotagem” e também por aceitarem a “indignidade” que lhes é imposta pelos outros… Mas se tratando de amar, de socorrer alguém por meio de suas próprias capacidades, todos somos capazes… Porém poucos tem a boa vontade de se prontificarem. E sabem de uma coisa? Tenho certeza de que a vida e dotada de uma consciência viva, autónoma e amorosa! Que vai além do chamado “inconsciente coletivo”… Como disseram em um comentario, “as vezes somos salvos justamente pelas mãos de quem julgamos maus” (não que seja o caso dessa professora), eu mesmo ja fui roubado uma vez, e meses depois tive que ir ao hospital com um amigo, onde encontrei o sujeito que me roubou todo ralado, pedindo pelo amor de Deus pra alguém arrumar 2 R$ pra ele voltar pra casa… E tenho muitos amigos que passaram por situações parecidas. A vida realmente nos educa… Nos faz conscientes de nós mesmos

    Resposta
  • 8 de novembro de 2017 em 08:50
    Permalink

    No campo das possibilidades na sociedade, pessoas marginalizadas podem até ter menos chances, até mesmo pela “auto-sabotagem” e também por aceitarem a “indignidade” que lhes é imposta pelos outros… Mas se tratando de amar, de socorrer alguém por meio de suas próprias capacidades, todos somos capazes… Porém poucos tem a boa vontade de se prontificarem. E sabem de uma coisa? Tenho certeza de que a vida e dotada de uma consciência viva, autónoma e amorosa! Como disseram em um comentario, “as vezes somos salvos justamente pelas mãos de quem julgamos maus” (não que seja o caso dessa professora), eu mesmo ja fui roubado uma vez, e meses depois tive que ir ao hospital com um amigo, onde encontrei o sujeito que me roubou todo ralado, pedindo pelo amor de Deus pra alguém arrumar 2 R$ pra ele voltar pra casa… E tenho muitos amigos que passaram por situações parecidas. A vida realmente nos educa… Nos faz conscientes de nós mesmos

    Resposta
  • 8 de novembro de 2017 em 08:23
    Permalink

    ela foi tocada por DEUS p.fazer o bem Amém.

    Resposta
  • 8 de novembro de 2017 em 06:54
    Permalink

    Parabéns a esse anjo q Deus de alguma forma colocou nesse lugar! Q ela posso sair dessa vida! Q por sua atitude vimos q é uma pessoa de bem solidaria

    Resposta
  • 7 de novembro de 2017 em 16:49
    Permalink

    Por mais que uma pessoa tenha um vício ela não perde a sensibilidade e nesse caso ela não perdeu o amor ao próximo ao se atirar no corrego fedido e salvar a professora, parabéns pelo ato heroico e que Deus te abençoe hoje e sempre!!! 👏 👏 👏 👏 👏

    Resposta
    • 7 de novembro de 2017 em 23:45
      Permalink

      Não perdeu amor ao próximo mas perdeu o amor a si mesma tanto que virou uma drogada.

      Resposta
  • 7 de novembro de 2017 em 16:44
    Permalink

    Isso é bom para as pessoas saberem que usar drogas pode Ajudar a ter coragem

    Resposta
  • 7 de novembro de 2017 em 10:54
    Permalink

    Só porque uma pessoa é viciado em drogas não faz dela um marginal. A sociedade tem que entender que isso é uma doença, eles precisam de tratamento não de preconceito.

    Resposta
  • 7 de novembro de 2017 em 08:57
    Permalink

    Parabéns pra usuaria agente nao pode sair e falando das pessoas so por que ela usa drogas vcs acha que ela ta nessa e por que quer nao ela ta nessa e pq n consegue prar n e fasso entrar nas drogas mas sair nao pensa bem antes de falar das pessoas por talves um dia vc vai ser salvo pela pessoa que vc anda falando mal nao a mesma pessoa mas o mesmo problemas

    Resposta
  • 7 de novembro de 2017 em 07:29
    Permalink

    Parabéns moça, pra muitos ignorantes pessoas que bebem, ou se drogam não tem nenhum valor, eles se esquecem que tem família. Vc foi guerreira salvou uma vida. Que Deus te dê uma boa sorte!!!👏👏👏👏👏👏👏👏👏👆👆👆👆

    Resposta
  • 7 de novembro de 2017 em 05:25
    Permalink

    Mostrem a heroína,ou pq é usuária não merece a devida atenção ao ato de salvar uma vida.

    Resposta
  • 6 de novembro de 2017 em 21:15
    Permalink

    Deus abencoe essa moca, que ajudou a professora realmente nao somos melhores que nimguem . Ela deveria dar uma ajuda com certeza ,para essa moca pq so a moca teve a coragem ea humildade de se atirar no corrego .Parabens .

    Resposta
  • 6 de novembro de 2017 em 20:41
    Permalink

    TEM DIAS QUE A VIDA É UM ATO DE CORAGEM!!!

    Resposta
  • 6 de novembro de 2017 em 20:39
    Permalink

    Qual a razão da ênfase em usuária de drogas?
    É pejorativo ou elogio?

    Resposta
  • 6 de novembro de 2017 em 18:00
    Permalink

    Parabens a esta moça, pela coragem e bravura em entrar nestas águas. que DEUS lhe abençoe menina….Um belo exemplo. Parabens…

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.