Servidores municipais de Divinópolis que não se cadastrarem no censo do Diviprev podem sofrer bloqueios de salários


O prazo para os servidores ativos, aposentados e pensionistas, se recadastrarem no Censo Previdenciário termina nesta terça-feira (31/10) e não será prorrogado. De acordo com o Instituto de Previdência dos Servidores de Divinópolis (Divprev) que não comparecer para o recadastramento terá o pagamento de seus vencimentos bloqueado – Até o momento, 3.639 servidores ativos e inativos compareceram, mas ainda faltam 890 para se recadastrar (20%). A meta é recadastrar 100%.

A superintendente do Diviprev, Rejane Alves Campos Souza, explicou que o processo confirma a situação do servidor através das informações. “São informações importantes e que precisam ser atualizadas, pois vão impactar neste servidor enquanto futuro beneficiário do regime próprio”, destacou Rejane.

O Diviprev iniciou o Censo Previdenciário em 1º de agosto para os servidores ativos. O recadastramento é obrigatório e está previsto na Lei Federal 10.887, de 18 de junho de 2004. O não comparecimento no período acima mencionado poderá acarretar na suspensão do pagamento até a regularização da atualização cadastral.

Rejane explicou que atualizando o cadastro, o servidor dará uma valiosa contribuição para combater as fraudes e, assim, estará fazendo sua parte para que o sistema previdenciário de Divinópolis se mantenha forte e equilibrado para cumprir bem uma de suas principais missões: garantir um futuro digno para quem tem dedicado uma vida inteira ao serviço público.

 

Um comentário em “Servidores municipais de Divinópolis que não se cadastrarem no censo do Diviprev podem sofrer bloqueios de salários

  • 30 de outubro de 2017 em 19:34
    Permalink

    Deveriam aproveitar p cortar insalubridade indevidas pagas no Cresst…

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.